O Palmeiras ainda não saiu efetivamente do #Mercado da bola. Depois de concluir as contratações de Alejandro Guerra, Felipe Melo, Miguel Borja, Luan, Hyoran, Keno, Willian, Mayke e Juninho, o Alviverde da capital ainda busca mais reforços.

Após o técnico Cuca reassumir o comando da comissão técnica, uma conversa com o diretor de #Futebol Alexandre Mattos e o presidente Maurício Galiotte deixou clara a intenção de contar com mais alguns atletas em posições definidas. Em um restaurante da capital paulista, além dos nomes já mencionados, José Roberto Lamacchia, marido de Leila Pereira, dona da Crefisa/FAM, também se juntou e o assunto foi justamente reforçar a equipe.

Publicidade
Publicidade

Lateral esquerdo chegando

Danilo Avelar, atual jogador do Torino, foi ventilado no Palmeiras há cerca de duas semanas. Apesar de Mattos negar contato e desconhecer, hoje a especulação cresceu ainda mais. Avelar postou em seu Twitter oficial que estava viajando para o Brasil. Pela manhã postou que chegou a São Paulo e encontrou chuva. Segundo informações extra-oficiais, o atleta e seus empresários vão para a Academia de Futebol para ouvir a proposta palmeirense. Existe uma grande possibilidade de Avelar concordar com os pontos oferecidos e ser anunciado como novo jogador do #Palmeiras para a temporada 2017/2018.

O lateral deve brigar com Zé Roberto, que se aposenta no final do ano. Zé, apesar de ser veterano e ter feito boas partidas, também é criticado por não ter a mesma vitalidade e voltar para marcar.

Publicidade

Além de Avelar, Egídio também fará uma briga boa pela posição.

Decisão no Beira-Rio

O palmeirense já está ansioso com o Verdão. Nesta quarta-feira, em Porto Alegre, mais precisamente no estádio Beira-Rio, Internacional e Palmeiras se enfrentam pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. No Allianz Parque, vitória palmeirense por 1 a 0. Para ser eliminado, o time do técnico Cuca teria que ser derrotado por dois ou mais gols e não fazer nenhum tento. Ou, no caso de igualdade (Internacional vencer por 1 a 0), a decisão será decidida nos pênaltis.

Cuca comandou o último treino antes de viajar e montou duas equipes justamente para confundir a escalação. O ponto negativo ficou por conta do venezuelano Alejandro Guerra. Pela segunda vez consecutiva, o atleta não treinou e dificilmente vai participar do duelo.

Passar para a próxima fase da competição nacional também é um dos objetivos palmeirenses para 2017.