O ala Gordon Hayward tomará uma grande decisão nessa offseason. Aos 27 anos, Hayward deve testar seu mercado na agência livre e perseguir um contrato máximo dentro da #NBA. Apesar de ter uma cláusula de renovação automática com o Utah Jazz no valor de US$ 16.7 milhões, o jogador seria apenas o décimo ala melhor pago da liga, ficando atrás de reservas como Luol Deng (Los Angeles Lakers) e Allen Crabbe (Portland Trail Blazers). Com isso, é garantido que o jogador não exercerá sua renovação e, se o Utah Jazz quiser reter seu astro, precisará aumentar seu salário.

De acordo com o Acordo de Negociação Coletivo (CBA), Hayward será elegível a um contrato com salário inicial de US$ 30 milhões na próxima temporada, recebendo os reajustes do aumento no teto salarial anual.

Publicidade
Publicidade

Após participar de seu primeiro All-Star Game, Hayward é visto como um dos principais agentes livres para diversas franquias da NBA.

Utah Jazz

Além de ter sido a casa de Hayward desde seu recrutamento em 2010, o Utah Jazz é a única equipe que pode oferecer um contrato de cinco anos para o ala e reajustar seu salário no índice máximo de 8%. Sendo assim, o montante total que pode ser oferecido pelo Jazz supera qualquer outra franquia em US$ 46.3 milhões. O valor monetário deixaria a franquia de Salt Lake City à frente na corrida, porém, é preciso vender à Hayward um plano de longo prazo, com investimentos altos e busca de conquistas. O pivô Rudy Gobert é um grande valor jovem para a equipe, porém, uma dupla com o pivô nos próximos cinco anos seria a melhor opção para Hayward?

Boston Celtics

Para muitos, o Boston Celtics está a um jogador de realmente desafiar o Cleveland Cavaliers no Leste.

Publicidade

O grupo formado por Isaiah Thomas, Avery Bradley, Jae Crowder e Al Horford seria um grande encaixe para Hayward por conta do estilo altruísta de jogo. Apesar do armador de 1,75 de altura tem excedido as expectativas e até concorrer ao prêmio de MVP, Hayward manteria seu status de astro em uma equipe pronta para as finais. A flexibilidade financeira que existe em Boston também é muito atraente, permitindo que Hayward acerte por longa duração ou assine contratos menores para alcançar o mesmo valor que pode ser oferecido pelo Utah Jazz.

Los Angeles Lakers

Após a aposentadoria de Kobe Bryant, o Los Angeles Lakers está em busca de uma nova estrela. O grande nome buscado é o do ala Paul George, do Indiana Pacers, porém, o jogador só será agente livre após a temporada 2017-18. Se quiser alguém para o próximo campeonato, o Lakers deve optar por Hayward. Um contrato de quatro anos com a segunda franquia mais vitoriosa da liga faria sentido, uma vez que D’Angelo Russell, Julius Randle, Brandon Ingram e o próximo recrutado no draft 2017 só tendem a evoluir nesse período.

Publicidade

Obviamente, qualquer equipe gostaria de adicionar um all-star como Gordon Hayward em seu elenco. Pacers, Miami Heat e Los Angeles Clippers também são destinos prováveis para a ex-estrela de Butler, mas tudo dependerá da prioridade de Hayward: Apenas dinheiro? Apenas vencer? Um pouco dos dois? Saberemos em julho. #Basquete #Esportes