O #Palmeiras vendeu um dos pilares da conquista do título do Brasileirão de 2016: o zagueiro Vitor Hugo. Recentemente, o Verdão e a Fiorentina, da Itália, vinham negociando o defensor. A negociação foi fechada na tarde desta quinta-feira (18). O acordo foi fechado em R$ 27,5 milhões.

O Palmeiras deve ficar com 50% do valor, já que era a porcentagem que detinha do jogador. A Crefisa, que investiu na compra de Vitor Hugo em 2015, abriu mão dos R$ 4,5 milhões que teria direito e os reinvestiu na compra do zagueiro Juninho, contratado junto ao Coritiba. O Palmeiras havia comprado o jogador junto ao América-MG por apenas R$ 1,5 milhão.

Publicidade
Publicidade

O que valorizou o zagueiro foram as atuações no Brasileirão 2016. Formando dupla com o colombiano Yerry Mina, Vitor Hugo chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira de Tite ainda em janeiro deste ano. Na época, o zagueiro defendeu o Brasil no amistoso contra a Colômbia em homenagem às vítimas da tragédia área que envolveu o time da Chapecoense.

Após a convocação da Seleção, Vitor Hugo não viveu seus melhores momentos no Palmeiras e chegou a ocupar o banco de reservas. No momento, o atleta está se recuperando de uma lesão.

Prevendo a concretização da venda do zagueiro de 25 anos, o Palmeiras tomou a frente e buscou logo duas promessas brasileiras. A primeira foi Luan, revelado pelo Vasco e ouro nas Olimpíadas do Brasil. O zagueiro de 23 anos foi comprado em definitivo pelo valor de R$ 10 milhões.

Publicidade

A Crefisa ajudou novamente o Alviverde paulista nas negociações.

A outra contratação foi concretizada ainda na última semana. O Palmeiras comprou o zagueiro Juninho, de 22 anos, destaque da defesa do Coritiba. O valor da negociação foi novamente de R$ 10 milhões.

A contratação de dois jovens zagueiros pode não significar a reposição para a saída de Vitor Hugo. O Palmeiras pode estar se prevenindo porque o mercado europeu está de olho em Yerry Mina. O jogador já foi especulado diversas vezes no Barcelona, que se interessa pelo #Futebol do colombiano.

Por enquanto, as últimas informações dão conta de que Mina pode ser contratado pelo clube espanhol apenas em janeiro de 2018. Dessa maneira, o clube paulista estaria pensando a longo prazo com as contratações dos jovens zagueiros.

Apesar de ter mais destaque que Vitor Hugo, Mina, que também aparece muito bem no ataque, deve ser negociado por um valor semelhante ao de companheiro de zaga. O Barcelona, especula-se, deve comprar o colombiano por R$ 29 milhões. #VitorHugo