Para buscar seu 12º título – o segundo consecutivo -, na Uefa Champions League, o Real Madrid não terá seu tradicional uniforme branco. Como a #Juventus também possui um fardamento cujo branco é a cor predominante, apesar das listras negras, a Uefa realizou, nesta quarta-feira (24), um sorteio para ver quem teria que trocar de roupa e os italianos saíram vencedores. Com isso, o time merengue jogará a decisão do próximo dia 3 de junho, no País de Gales, com seu uniforme roxo.

O curioso é que quando decidiram a mesma competição, em 1998, cada time usou sua tradicional camisa, com a Juventus substituindo os calções brancos por pretos.

Publicidade
Publicidade

Já nas últimas duas vezes em que se encontraram, nas semifinais em 2015, a Juventus jogou de azul em Madrid e o Real foi para Turim com seu uniforme preto.

Dezenove anos depois

Juventus e #Real Madrid voltam a se encontrar em uma decisão de Champions League 19 anos depois de terem feito a final na temporada de 1998, quando o time espanhol levou a melhor sobre os italianos, que vinham de duas decisões consecutivas, tendo vencido o Ajax na primeira e sendo batidos pelo Borussia Dortmund na segunda. Também era a sétima vez consecutiva que uma equipe da Itália chegava à final.

Em uma época com menos times e que só o primeiro colocado de cada grupo avançada diretamente para a segunda fase, o Real foi o campeão do grupo D, após somar 13 pontos em seis jogos, enquanto que a Velha Senhora foi a segunda colocada do grupo B, ficando atrás do Manchester United, mas se classificando por índice técnico.

Publicidade

Nas quartas de final, o Real teve que travar um duelo contra o Bayer Leverkusen e depois nas semifinais despachar o Borussia Dortmund, campeão da temporada anterior. A Juventus deixou para trás o Dínamo de Kiev e, assim como neste ano, despachou o Mônaco nas semifinais. Na decisão, disputada em 20 de maio, em Amsterdã, na Holanda, com um gol de Mijatović, anotado aos 22 minutos do segundo tempo, o Real levantou sua sétima taça ao vencer por 1 a 0.

Maldição do bi

Desde que a Champions League passou a ser disputada no atual formato, na temporada 1992-1993, nenhum time jamais venceu a competição em dois anos seguidos, tabu que o Real Madrid poderá quebrar diante a Juventus. Quatro times tentaram e não conseguiram o feito.

O tabu começou a ser escrito em 1995 quando o Milan, após ser campeão na temporada anterior, perdeu a decisão para o Ajax da Holanda. Era a terceira final seguida do time de Milão, que em 1993 havia sido derrotado pelos franceses do Olympique de Marselha.

Aliás, o Ajax ao conquistar o título também entrou nessa lista de times que tentaram, mas não conseguiram o bi, já que no ano seguinte foi derrotado pela Juventus. Para manter a escrita, em 1996, quando tentava vencer pelo segundo ano seguindo, o time de Turim foi batido pelo Dortmund.

A última vítima da maldição foi o Manchester United, que venceu a decisão contra o Chelsea em 2008, mas perdeu a do ano seguinte para o Barcelona. #Liga dos Campeões