Após sofrer a terceira eliminação em menos de um mês, agora na Copa Sul-Americana, nesta quinta-feira (11), depois do empate em 1 a 1 contra o Defensa y Justiça da Argentina, no estádio do Morumbi, o técnico do São Paulo #Rogério Ceni saiu em defesa do elenco e disse que não considera que a queda para o modesto adversário, que fazia seu primeiro jogo internacional em mais de 80 anos de história, seja um vexame. Antes, a equipe já havia perdido as semifinais do Paulista para o Corinthians e caído na quarta fase da Copa do Brasil para o Cruzeiro, deixando escapar a vitória dentro do próprio estádio.

Segundo o ex-goleiro, equipes que chegam a essas fases decisivas estão sujeitas a isso.

Publicidade
Publicidade

Ele citou, como exemplo, o Palmeiras, que assim como o Tricolor, caiu nas semifinais do Paulista, mas possui time para brigar pelo título de campeão brasileiro.

Ceni elogia adversário

Ceni lembrou ainda o fato do gol sofrido em casa ter sido determinante para eliminação na Copa do Brasil e na Sul-Americana. Ao invés de lamentar, preferiu elogiar o adversário, o qual analisou como bem armado taticamente e que vem crescendo em seu campeonato doméstico. Para Rogério, os jogadores não têm culpa pela eliminação. “São extremamente dedicados, trabalham firme todos os dias”, disse.

O treinador também lamentou ter perdido dois jogadores no jogo-treino do último sábado (6), contra o Oeste, quando Morato e Wesley se machucaram. Ele disse ainda que preferia ter tido jogos nos últimos dias do que ter ficado 17 dias parado.

Publicidade

“Você perde o ritmo de jogo. Eu preferia ter jogado a final do Campeonato Paulista, domingo e domingo, e estar jogando hoje, do que estar parado esse tempo todo por ter ficado fora da final", acrescentou.

Ele sai?

Apesar dos resultados ruins, o treinador ainda não tem seu cargo ameaçado. Pelo menos, é o que garante a diretoria, que diz acreditar na continuidade do trabalho. “A gente reconhece que os resultados não foram os esperados, mas acreditamos no trabalho do treinador. O Rogério tem um plano de trabalho diferente e os jogadores estão fechados com ele”, disse um dos diretores tricolores.

Com a eliminação, o São Paulo agora terá até o final do ano apenas o Campeonato Brasileiro para disputar. A estreia do Tricolor será domingo (14), às 16h, no estádio do Mineirão, contra o Cruzeiro, justamente o responsável por uma de suas eliminações. #Copa Sul-Americana #São Paulo FC