O #Santos está no mercado em busca de um meia. A intenção do clube é procurar jogadores que possam substituir Lucas Lima ou até dividir com o armador a responsabilidade ofensiva. O Peixe trabalha inicialmente com dois nomes, coincidentemente iguais: Valdívia, do #Internacional, e o chileno Valdívia, ex-Palmeiras e hoje no Al Wahda, dos Emirados Árabes.

A preocupação santista surge com a lesão muscular de Lucas Lima. Mesmo que o meia fique fora por, no máximo, um mês, o treinador Dorival Júnior acaba ficando sem opções para a posição. Na vitória de 4 a 0 contra o Sporting Cristal, em jogo realizado na última terça (23) pela Libertadores, o técnico teve que improvisar o atacante Vladimir Hernández como camisa 10 da equipe.

Publicidade
Publicidade

Vale dizer que o nome dos meias são aprovados por Dorival, o que coloca mais peso nas negociações.

Dois Valdívias

Nenhuma das duas negociações deve ser fácil para o Peixe. No entanto, a que pode ser mais descomplicada é com o Valdívia chileno. O jogador está em final de contrato com o Al Wahda, o que significa que o clube brasileiro não precisa arcar com custos de transferência. O único problema é o salário. O meia quer receber mais de R$ 300 mil, teto salarial do Santos. No momento, apenas Lucas Lima e Ricardo Oliveira ganham acima do valor estipulado pelo clube.

Vale lembrar que Valdívia e Santos chegaram a negociar no final de março. O que travou as negociações foi a questão salarial. Alguns dirigentes, na época, até tinham dado como encerrada a conversa. Quem bancou Valdívia e quis continuar mantendo o interesse foi o técnico Dorival Júnior.

Publicidade

Para ter o Valdívia colorado, o Santos terá uma negociação mais complicada. Primeiro, o Peixe tem a concorrência do Atlético-MG e do São Paulo. Conforme a direção colorada, os santistas fizeram uma proposta que agradou o clube gaúcho. No entanto, o Galo está a mais tempo no negócio e tem a prioridade para a contratação do meia-atacante.

Ao contrário da negociação com o meia chileno, em que o Santos não precisará desembolsar valores para uma transferência com o clube gaúcho, o Peixe teria que pagar, no mínimo, R$ 1 milhão. Outro ponto importante é que mesmo com o pagamento, a contratação é apenas de empréstimo por uma temporada.

Trio santista na mira do Avaí

Buscando não ser rebaixado, o Avaí quer negociar com o Santos a contratação de três atletas da equipe paulista. O principal nome é do atacante Thiago Ribeiro, que não vem tendo muitas oportunidades. Os outros jogadores pretendidos são o lateral-direito Daniel Guedes e o volante Alison, também pouco utilizados por Dorival Júnior.

Dos três, a negociação com Thiago Ribeiro deve ser a mais difícil. O atleta recebe R$ 300 mil e o Santos não tem a intenção de dividir o salário para emprestar o atacante. Para o Avaí, o salário é considerado alto. #Brasileirão