Carente em alguns setores, o São Paulo está à procura de um zagueiro para reforçar o elenco que disputa o Campeonato Brasileiro – única competição que a equipe comandada por Rogério Ceni disputará até o final do ano.

Hoje, o Tricolor conta Maicon, Lucão, Diego Lugano e Rodrigo Caio para a zaga. Breno foi negociado com o Vasco e já estreou na equipe carioca no Campeonato Brasileiro, na última rodada.

O nome sondado pelo São Paulo para a defesa é o do santista #Cléber, de 26 anos. Ex-jogador do Corinthians, o #Zagueiro passou pelo Hamburgo, da Alemanha, e foi contratado pelo Santos no início deste ano.

Depois de falhar em clássico contra o Corinthians, o zagueiro foi encostado por Dorival Júnior e não teve mais nenhuma oportunidade com a camisa do time da Vila Belmiro.

Publicidade
Publicidade

Para contratá-lo, a diretoria são-paulina teria que desembolsar R$ 8 milhões. Este foi o valor que o Santos pagou para contratar o jogador. A negociação não teria outros jogadores envolvidos, apenas este valor.

A busca por um zagueiro preocupa os são-paulinos porque há a possibilidade de Rodrigo Caio deixar a equipe rumo a Europa na janela de transferência do meio do ano.

Opções

O São Paulo ainda não acertou a contratação de Cléber e o zagueiro também não era a primeira opção de contratação da equipe dirigida pelo ex-goleiro Rogério Ceni.

Antes de se interessar por Cléber, o Tricolor tentou a contratação do zagueiro Luiz Otávio, da Chapecoense. O jogador pertence ao Luverdense, time da cidade de Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro.

Embora tenha tentado, não houve negociação.

Publicidade

Luiz Otávio deve ser contratado em definitivo pela Chapecoense, equipe que lidera o Campeonato Brasileiro com sete pontos.

Reforços

Com a saída de Calleri do West Ham, da Inglaterra, alguns são-paulinos cogitaram a volta do argentino para o Tricolor, mas as buscas hoje são outras. Para a mesma posição de Calleri, o São Paulo tem Lucas Pratto e Gilberto.

As carências do time treinador por Rogério Ceni hoje são por zagueiros, laterais e meias. O problema é que, embora precise contratar, o São Paulo não tem muito dinheiro para fazê-lo.

Exatamente por isso a venda de um jogador no meio do ano torna-se algo bastante esperado e o zagueiro Rodrigo Caio é o mais cotado para deixar a equipe. O jogador já deixou claro em entrevista no CT, nesta terça-feira (30), que não há negociações no momento, mas que sonha em jogar no futebol europeu. #Mercado da bola