Novos nomes tem surgido durante a semana para possíveis reforços na zaga do #Vasco. Muito disso se deve a desastrosa estreia do clube carioca na edição atual do campeonato #brasileiro.

No jogo de estreia contra o Palmeiras, no ultimo domingo (14), o time deixou bem claro a necessidade de contratar novos defensores, o que fez o Vasco adiantar as conversas que já tinha com alguns jogadores e antecipar as contratações. Alguns desses nomes que circulavam nos corredores do gigante da colina eram dos zagueiros Xandão, que estava no Anzin, da Russi; Breno, que estava no São Paulo; Lucas Rocha, do Boavista-RJ; Paulão, do Internacional de Porto Alegre; e Anderson Martins, que atualmente está no Catar.

Publicidade
Publicidade

Na segunda-feira (15), o Vasco em “estado de emergência” anunciou as contratações dos zagueiros Breno e Paulão. Breno chega por empréstimo até o final da temporada e receberá um salário de R$ 100 mil pagos integralmente pelo clube Carioca. Já Paulão chega por empréstimo até o final da temporada com um salário de R$ 250 mil pagos integralmente pelo Vasco, mas sem clausula de renovação automática, ou compra, estabelecido.

Com a chegada dos dois novos zagueiros e do meia-volante, Bruno Paulista, a diretoria Vascaina considera difícil a chegada do zagueiro Xandão. O jogador de 29 anos estava atuando pelo Anzi da Russia e está livre para negociar com qualquer clube. O jogador teve passagens de destaque pelo São Paulo e Sporting-POR.

Reforços e Saídas

Na manhã desta quarta-feira (17), o vice presidente de futebol, Euriquinho, confirmou a jornalistas, na coletiva de imprensa, que o zagueiro Lucas Rocha, que se destacou no campeonato carioca pelo Boavista, está fazendo exames e testes físicos no clube e será contratado para compor o elenco.

Publicidade

Com essas contratações, é provável que o zagueiro Jomar seja negociado com outro clube. O zagueiro vinha atuando como titular da zaga, ao lado de Rafael Marques, mas, após a derrota na estreia do campeonato, onde o jogador cometeu 2 pênaltis, a direção resolveu “punir” o jogador.

Outras saídas confirmadas são as dos atacantes Leandrão, que rescindiu contrato nesta quarta-feira, e a do atacante Ederson, que vai para o Atletico Paranaense. O atacante Ederson chegou durante a disputa da Serie B, mas não rendeu o esperado. Para a rescisão do contrato, Ederson aguarda apenas liberação do clube Japonês que é dono dos seus direitos econômicos.