Precisando apenas de um ponto para garantir sua classificação para a fase de oitavas de final da Copa Libertadores da América, o #Flamengo enfrentar o #San Lorenzo nesta quarta-feira (17), às 21h45, no estádio Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires. Sem contar ainda com os lesionados Diego e Donatti, o técnico Zé Ricardo também não terá Pará, que cumpre suspensão e será substituído por Rodnei.

Por outro lado, o treinador rubro-negro terá o retorno de Rômulo, que ficou de fora nos últimos três compromissos do clube, porém ainda não é certo que ele começará jogando. Caso não esteja ainda em condições, Trauco entrará no meio e Renê será deslocado para a lateral-esquerda.

Publicidade
Publicidade

Caso Rômulo entre de titular, Zé Ricardo deverá ter Alex Muralha no gol, Rodnei e Trauco nas laterais e a dupla de zaga formada por Réver e Rafael Vaz. O meio terá Márcio Araújo, Romulo e Willian Arão. Na frente Berrío, Everton e Guerrero.

Sem desfalques

Pelos lados do time argentino, o técnico Diego Aguirre não terá desfalques para enfrentar os cariocas e deverá manter a base que foi goleada na estreia, exceto pelo goleiro, com Torrico dando lugar para Navarro. A diferença é que desta vez o time já se encontra em ritmo de jogo, e isso tem se refletido nos últimos resultados do time. Após sofrer duas derrotas nos dois primeiros jogos, o time do papa vem de um empate e duas vitórias, a última por 3 a 0 frente ao Atlético Paranaense, em Curitiba, o que lhe deu a segunda colocação do grupo.

Publicidade

A provável escalação do San Lorenzo deverá então ter Navarro no gol, Diaz e Rojas nas laterais e Angeleri e Caruzzo formando a dupla de zaga. Mussis, Ortigoza e Belluschi farão o meio de campo. No ataque Cerutti, Merlini (ou Botta) e Blandi mais avançado.

Combinações

Todas as equipes chegam com chances reais de classificação no grupo 4, com o Flamengo tendo a situação mais favorável. Para se classificar sem depender de outros resultados, basta apenas um empate, o que interessa ao Atlético Paranaense e Universidad Católica, que jogam no mesmo horário no Chile. Se perder, o Rubro-Negro terá que torcer para que o Atlético não supere o time chileno.

Apesar de ser terceiro colocado (tem os mesmos sete pontos que o San Lorenzo, mas fica atrás no saldo), o Atlético também depende apenas de uma vitória para avançar, ou até mesmo de um empate, caso o Flamengo vença os argentinos. Já a Católica terá que obrigatoriamente vencer seu duelo contra os paraenses e torcer para que o San Lorenzo não derrote o Flamengo. #Libertadores