O francês Sébastien Bourdais sofreu um violento acidente durante os treinos para as 500 milhas de Indianápolis, na tarde deste sábado (20). Após a batida, ele estava consciente, mas não conseguiu sair sozinho do carro e precisou ser levado para um hospital. O primeiro boletim médico informou que o corredor, de 38 anos, sofreu fraturas na bacia e no quadril. Veja o vídeo da batida abaixo.

O piloto da equipe Chip Ganassi vinha em uma volta rápida, quando perdeu o controle de seu carro na curva 1. O monoposto escapou de traseira e na tentativa de corrigir, ele bateu de frente no muro (que conta com um moderno sistema de amortecimento), batendo em um ângulo de cerca de 90 graus.

Publicidade
Publicidade

Com o choque o carro pegou fogo e capotou. O lado direito ficou totalmente destruído.

Levado para o Hospital Metodista de Indianápolis, Sébastien Bourdais teve diagnosticadas múltiplas fraturas na bacia e uma fratura no quadril. Com isso, o piloto que estava no grupo dos nove primeiros colocados que disputam a pole, está fora da corrida do próximo domingo (28). De acordo com um comunicado divulgado pela Indy, o francês passará por cirurgia ainda neste sábado (20).

Nelson Piquet

Ao ver as primeiras imagens, muitos fãs brasileiros logo as compararam com o acidente sofrido por #Nelson Piquet, nesta mesma pista, em 1992. Na ocasião, o tricampeão mundial de Fórmula 1 quebrou as duas pernas após bater de frente com seu Lola-Buick contra o muro entre as curvas 3 e 4.

Na época, não havia os mesmos equipamentos de segurança que os pilotos dispõem nos dias atuais.

Publicidade

Eles ficavam mais expostos nos carros e também não havia o softwall, uma proteção colocada em torno da pista que serve para amortecer o impacto. Não fosse por esse sistema de segurança, além de todas as modificações nos carros, os ferimentos sofridos por Bourdais neste sábado certamente seriam muito mais graves e o acidente poderia até mesmo ter sido fatal.

Fernando Alonso

A notícia boa dos treinos deste sábado em Indianápolis foi o sétimo lugar do espanhol Fernando #Alonso, que deu um tempo na Fórmula 1 (e em seu medonho carro da McLaren) para debutar em um dos templos do automobilismo. Com o resultado alcançado, o piloto das Asturias conseguiu se classificar para a disputa da pole position. Ele também foi o melhor dentre os novatos. O desempenho de Alonso nos treinos tem chamado muito a atenção do público americano, criando uma enorme expectativa para a corrida, que neste ano chega à sua 101º edição. #Fórmula Indy