Quando ouvimos falar em meditação, logo pensamos em atividades religiosas, como budismo, taoísmo e derivados, ou mesmo, em yoga. A #Meditação, na verdade, é uma prática oriental extremamente antiga, que a partir dos anos 60 passou a ser mais difundida no ocidente.

A meditação é a prática responsável por aperfeiçoar o foco e a atenção, que embora pareça um pouco abstrata, traz diversos resultados para a saúde física e mental de um indivíduo. Essa prática não segue um método único e fiel, ela apresenta diversas variantes, porém, todas elas abrangem características fundamentais, como o controle da respiração e a focalização de algo, seja algum objeto, algum sentimento, algum som, ou mesmo, o foco no vazio.

Publicidade
Publicidade

Como a meditação influenciaria nos atletas de #E-Sports?

Estudos mostraram que indivíduos que não tinham em sua rotina o hábito de meditar, reportaram benefícios em sua vida social e emocional bem como um melhor desempenho em atividades físicas do dia a dia, melhor qualidade de vida e um maior desempenho cognitivo. Além disso, eles passaram a estarem muito mais atentos a pequenos detalhes do dia a dia, e começaram a desenvolver melhor sua função de focalizar a atenção em coisas importantes, diminuindo a distração, o que levou ao aumento da taxa de aprendizado por tempo, bem como o aumento do desempenho no trabalho.

Com tais informações, podemos ter em mente o quão importante a meditação se torna no meio dos esportes eletrônicos, visto que tais atletas dependem de uma concentração elevadíssima, para não cometer erros, e nem tomar decisões erradas.

Publicidade

Jogos como League of Legends são de altíssima precisão, onde 1 segundo durante um combate direto é um tempo extremamente longo, que pode definir a derrota, e que tomar uma decisão sob pressão é muito comum, tanto em jogo como fora de jogo. Tal prática torna esses cyber atletas mais aptos a focalizar no que é realmente importante dentro de jogo, e a relevar o que pode atrapalhar ou desconcentrar os jogadores, tanto durante uma competição, quanto em ambiente de treino.

Técnica de respiração e a influência no controle de foco

A respiração é um ato involuntário que executamos, porém, através da meditação, ou apenas por técnicas de respiração, executá-la de forma consciente, faz com que a respiração seja mais efetiva, trazendo certos benefícios, como melhoria na capacidade respiratória através da expansão pulmonar, como também da melhoria da captação de oxigênio.

Ao executar a respiração consciente, o indivíduo tem uma inspiração mais profunda, e uma concentração no ato de respirar, bem como um controle maior na expiração, fator importante para a otimização da troca gasosa feita nos pulmões.

Publicidade

Com um melhor aporte de oxigênio, o corpo executa melhor suas funções básicas oxigênio-dependente, dentre elas, atenção, cognição, e desempenho geral.

Técnicas de respiração são amplamente utilizadas em diversas áreas, como na fisioterapia, para reabilitação de pacientes com dificuldades respiratórias, em atletas de diversos esportes, para melhorar o desempenho físico e mental, na própria prática da meditação, independente do fim, e por que não nos e-Sports, se ela nos trás tantos benefícios?

A prática da meditação nos e-Sports

No ano de 2016, no 5º episódio da 2ª temporada do documentário Legends Rising, o Gabriel “Revolta” Henud comentou sobre como a meditação influenciou no seu desempenho naquela campanha, que o tornou campeão brasileiro e o levou para o mundial.

Além do “Revolta”, outros membros da INTZ começaram a aderir a essa prática, implementada pelo psicólogo esportivo Claudio Godoi, o que veio mostrando resultados positivos para a equipe ao longo de suas campanhas.

Outras organizações clássicas como CNB, Pain Gaming, Keyd Stars, entre outras, não se pronunciaram publicamente a respeito da meditação em seu quadro de atividades. Por que não inserir essa prática em prol da melhor qualidade de vida e desempenho de seus jogadores? #League of Legends