A noite de ontem não acabou tão cedo para o torcedor do Palmeiras. Em Porto Alegre, o Verdão selou a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil ao perder para o Internacional por 2 a 1. O gol no Allianz Parque, somado ao gol fora, confirmou a passagem palmeirense para a próxima fase.

É unânime entre a torcida que o time não jogou bem. Com Jean pelo meio e Fabiano na lateral, o Palmeiras simplesmente não produziu. Assistiu ao adversário marcar dois gols e também viu o juiz não assinalar dois pênaltis claríssimos. No fim do jogo, no desespero, Cuca ordenou que Yerry Mina virasse atacante, alterando toda postura da formação em campo.

Publicidade
Publicidade

Ao fim da partida, o treinador se mostrou feliz e aliviado, mas ao mesmo tempo bastante preocupado. Afinal por qual motivo o melhor elenco do Brasil não está jogando bem? O que falta? Será que a passagem de Eduardo Baptista foi tão ruim assim ao ponto de estragar toda estratégia de 2016? A resposta ainda é incerta.

Cuca terá poucos dias para preparar o time que enfrentará o Atlético-MG, no Allianz Parque, pelo #Campeonato Brasileiro. Além de ter que pensar nos motivos que impedem o time de mostrar um bom #Futebol, Cuca terá que pensar em como substituir os prováveis desfalques.

Dudu sentiu dor

Aos 30 minutos do primeiro tempo, Dudu teve que deixar o campo. Com fortes dores na virilha, o atleta foi substituído e já iniciou o tratamento com gelo. Dudu ainda passará por avaliação, mas o tipo de lesão que pode ser confirmada geralmente demora duas ou três semanas para ser tratada.

Publicidade

Cuca espera que o tempo de parada seja menor ou que até mesmo ele esteja pronto para jogar no domingo. Tudo vai depender da avaliação da equipe médica do Alviverde.

Guerra já está fora

Além de Dudu e a dúvida sobre a escalação, Cuca não poderá contar de novo com o meia Alejandro Guerra. O venezuelano já não viajou para Porto Alegre para poder tratar lesão em São Paulo. O jogador estava muito desgastado fisicamente e não tinha condições de entrar em campo.

Guerra vai defender a Venezuela em dois amistosos e só deve voltar ao #Palmeiras depois do dia 10, provavelmente nos jogos contra Fluminense ou Santos pelo Campeonato Brasileiro.

Dois retornam

O lateral Mayke e o zagueiro Juninho são as boas notícias para o treinador. Ambos não podem defender o Palmeiras na Copa do Brasil por já terem defendido outras equipes. Juninho deve retomar a vaga de Edu Dracena se o cansaço realmente bater, e Mayke, ao contrário, deve compor o banco de reservas.