Quarto colocado do Campeonato Brasileiro da Série B, com seis pontos em três jogos, e podendo até mesmo terminar a quarta rodada na liderança, o #Guarani ganhou um problema-extra-campo na tarde desta sexta-feira (2). O lateral Gilton foi detido por falta de pagamento de #pensão alimentícia.

De acordo com informações do site Globo Esporte, a detenção ocorreu quando o jogador de 28 anos estava em uma agência do Poupatempo de Campinas cuidando da renovação de contrato com o Bugre. Pessoas próximas ao futebolista afirmaram que o valor devido à ex-mulher gira em torno dos 20 mil reais. O clube foi pego de surpresa com a notícia e disse que dará todo o apoio ao jogador nesse momento delicado, além de afirmar que os salários foram pagos nesta semana.

Publicidade
Publicidade

Gilton deverá passar pelo menos todo o final de semana detido. Isso porque a fiança estipulada tem que ser paga em dinheiro e os bancos só reabrirão na segunda-feira de manhã. No entanto, o caso não irá atrapalhar os planos do técnico Vadão para a partida deste sábado (3), diante do Vila Nova, uma vez que o jogador não viajou para Goiânia por estar ser recuperando de contusão.

Após passagem pelo futebol japonês, o jogador chegou ao Guarani no ano passado para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série C, quando o time campineiro conquistou o acesso e também jogou a Série A-2 do Campeonato Paulista.

Buscar pontos fora de casa

Ostentando 100% de aproveitamento na condição de mandante, o Guarani buscará neste sábado (3), diante do Vila Nova, seus primeiros pontos jogando longe de Campinas.

Publicidade

Para isso, o técnico Vadão espera que a equipe tenha postura semelhante a adotada na partida diante do Santa Cruz, em Recife, quando o time teve condições de sair de campo com um melhor resultado –perdeu por 2 a 1 -, mas que aproveite melhor as oportunidades criadas.

Desde a vitória diante do Figueirense, o treinador bugrino teve dez dias para trabalhar e estudar os pontos fracos do seu próximo adversário. Para ele, o Vila Nova é um time que busca tomar a iniciativa do jogo e é preciso que isso seja anulado. “Embora não tenha na prática um bom aproveitamento, (o Vila Nova) tem uma equipe muito veloz, principalmente do lado direito. Esperamos um jogo complicado”, disse o técnico.

Com seis pontos em três jogos, o Guarani pode até mesmo terminar a rodada na liderança da #Série B. Para isso precisa vencer o jogo deste sábado e torcer por empate ou derrota de Juventude e CRB, para Internacional e Oeste, respectivamente.