Dado como novo reforço do São Paulo, o zagueiro equatoriano Robert Arboleda já se considera jogador do Tricolor. Em entrevista a uma rádio de Guaiaquil, o atleta disse que faltam só decidir se ele jogará contra o River pelo Campeonato Equatoriano, partida que serviria como despedida do clube, e também a data em que viajará para o Brasil.

“Não sei se vou viajar amanhã ou quinta-feira para o Brasil. Por isso, não sei se vou participar da partida contra o River”, afirmou o jogador que ainda revelou que o acordo com o time paulista será válido por até dezembro de 2020.

O jogador de 25 anos disse ainda que conversou com alguns companheiros de seleção que atuam no Brasil e que as notícias foram boas.

Publicidade
Publicidade

Ele afirmou se tratar de uma grande oportunidade e que irá trabalhar muito para ganhar a confiança de todos no Brasil

Chegadas e partidas

Nesta tarde, Vinicius Pinotti, diretor de futebol do São Paulo, concedeu entrevista coletiva para falar sobre a saída de jogadores e a chagada de reforços. E um dos nomes falados na entrevista foi justamente o de Arboleda. Segundo o dirigente, o jogador equatoriano está muito próximo do Morumbi. Questionado sobre o ex-corintiano Petros, nome que também ganhou força nos últimos dias, Pinotti afirmou que esta é uma negociação em andamento e por isso não pode dar mais detalhes.

Sobre a eminente saída do zagueiro Maicon, o dirigente revelou que conversou com o jogador e este manifestou o desejo de voltar para a Europa, porém ainda não há nada fechado e as negociações estão em andamento.

Publicidade

Já sobre Rodrigo Caio, nome sempre especulado para sair, o diretor afirmou que não é desejo do clube vender o jogador.

Sobre outros atletas especulados para sair, o dirigente disse que não recebeu propostas por Buffarini e Junior Tavares e com Thiago Mendes houve apenas uma conversa, mas o clube não tem a intenção de vende-lo. Ele também afastou boato sobre a tentativa de contratar Nilmar. “Estamos satisfeitos com Lucas Pratto e Gilberto”, cravou.

Como não poderia deixar de ser, o assunto Lucão também foi levantado na entrevista. Sobre ele, Pinotti se limitou a dizer que se chegar uma proposta o clube não dificultará sua saída. “Só queremos aqui quem quer jogar no São Paulo”, alfinetou.

Em 14º lugar no Campeonato Brasileiro e há três jogos sem vencer, o São Paulo volta a jogar nesta quarta-feira (21), quando encara o Atlético Paranaense, às 21h45, na Arena da Baixada, local onde a equipe nunca venceu. #São Paulo FC #Brasileirão #Mercado da bola