A diretoria do #Palmeiras vem buscando um novo reforço para o ataque do clube desde que o técnico Cuca voltou ao comando da equipe e solicitou um novo centroavante, "um típico camisa nove", nas palavras do treinador. Porém, desde então diversas sondagem vem sendo feitas e até uma proposta de R$ 40 milhões foi feita para o Richarlison, do Fluminense, mas o jogador não pode atuar por outra equipe no Brasileirão porque já cumpriu os jogos mínimos por uma equipe nessa temporada.

O verdão tem até o dia 3 de julho para anunciar uma nova contratação, já que a janela de transferências irá se fechar e o Alexandre Mattos, diretor de futebol da equipe, deve intensificar os seus trabalhos nessas últimas semanas e buscar um reforço de peso para a equipe.

Publicidade
Publicidade

Um novo nome surge como alvo da equipe.

De volta para a casa?

O meia #Diego Souza, que atua pelo Sport-RE, virou prioridade nas buscas por um novo reforço dentro do Palmeiras, isso se dá pelo fato do jogador cumprir todos os requisitos que o técnico Cuca deseja no time, pois ele pode atuar como um "falso camisa nove" e também sendo meia.

Diego tem um contrato até 2018 como o Leão da Ilha, porém o Palmeiras está disposto a fazer um alto investimento e trazer o jogador para ser o novo integrante do elenco. O jogador poderá atuar pela Libertadores da América, Copa do Brasil, e como ainda tem cinco jogos, poderá jogar pelo Palmeiras no Campeonato Brasileiro.

Diego Souza teve uma passagem gloriosa pelo clube alviverde paulista nos anos de 2008 até 2010, porém acabou saindo pela porta do fundo

Miguel Borja perde espaço?

Com o novo reforço dentro da equipe, a estratégia do técnico Cuca deve mudar e o colombiano Miguel Borja, que é o atual centroavante do clube pode perder espaço, mas isso dependerá muito e o treinador pode encaixar um esquema tático usando os dois.

Publicidade

Diego Souza pode ser um "falso camisa nove", o que tiraria Borja da área de atuação, utilizando a equipe sem um centroavante de origem mas sim o meia que se movimentaria muito bem dentro e fora da área.

Alguns torcedores ficaram empolgados, pois com a boa fase que Guerra vem vivendo, o Diego poderá fazer uma boa dupla com o armador, proporcionando diversos gols nos campeonatos que o Palmeiras venha a disputar.

O meia que já atuou e vem sendo convocado para seleção brasileira tem 32 anos e já é um veterano do futebol, porém vem vivendo ótima fase e pode jogar pela Libertadores da América, ajudando o clube a conquistar esse campeonato. #Reforços