O Palmeiras venceu o Atlético-GO por 1 a 0 na última quarta-feira (21), no Allianz Parque, e subiu na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. A vitória, a segunda consecutiva, trouxe alívio ao grupo. O jogo foi bastante truncado e o resultado magro aponta um certo equilíbrio.

Os goianos perderam algumas chances incríveis, mas, na média, jogaram bastante recuados. A dificuldade em encontrar espaços foi destacada pelo atacante Dudu, que voltou de contusão e entrou na segunda etapa do jogo. Aproveitando as idas ao ataque do clube paulista, o Atlético quase abriu o placar por duas vezes.

Reforço no Palmeiras

O volante Bruno Henrique será apresentado de forma oficial nesta quinta-feira na Academia de Futebol.

Publicidade
Publicidade

Ele chega com a importância de assumir a vaga de Felipe Melo, que se recupera de cirurgia na mão. Coincidentemente, Thiago Santos também se machucou e virou desfalque. De acordo com os médicos do #Palmeiras, Bruno Henrique deve estar disponível em até duas semanas, já que ainda precisa passar por preparação física para evitar lesões.

De acordo com o blog Ora Bolas, do portal Goal.com, o alvo do Alviverde, no entanto, é outro: Carlos Eduardo, vice artilheiro da Série B e que defende atualmente o time do Goiás. De acordo com o site, os goianos foram procurados pelo Palmeiras para um acordo de 3 milhões de euros por 50% do passe. O clube ainda estuda o negócio, mas deve ceder.

Com apenas 20 anos, Carlos virou o segundo plano da diretoria Alviverde após fracassar na busca por Richarlison, do Fluminense.

Publicidade

O objetivo é ter um reserva para Miguel Borja, ou até que seja titular da posição dependendo da escolha feita pelo técnico Cuca.

Inscrição na Libertadores

Na próxima semana, Cuca terá que resolver e indicar três jogadores para serem inscritos na Copa Libertadores. Rafael Marques e Alecsandro serão sacados, assim como Thiago Martins. O lateral Mayke e o volante Bruno Henrique vão entrar, e mais uma vaga vai sobrar.

Em conversa com Alexandre Mattos, Cuca disse que vai aguardar até o último momento para resolver. Ele deu a entender que o Palmeiras ainda poderá trazer algum jogador de fora, com mais nome e capacidade, para disputar o torneio continental. O clube não está medindo esforços para confirmar o segundo título da Libertadores de sua história. Só com Borja, por exemplo, foram investidos quase R$ 40 milhões. A Crefisa, atual patrocinadora, tem ajudado bastante na aquisição de novos nomes. #Mercado #Futebol