O Palmeiras enfrenta o Grêmio neste sábado (1) no Pacaembu. A equipe gaúcha virá com time reserva e o Verdão deve ter alguns desfalques, como do venezuelano Guerra. O meio-campista foi diagnosticado com uma inflamação no quadril e pode ser desfalque até na Copa Libertadores, quando o Alviverde encara o Barcelona-EQU fora de casa.

O Verdão vem de vitória no Campeonato Brasileiro. Venceu a Ponte Preta fora de casa. Na última quarta (28), saiu perdendo por 3 a 0 no primeiro tempo para o Cruzeiro e conseguiu empate histórico: com gols de Dudu e Willian, o Alviverde diminuiu os problemas e agora precisa vencer lá em Minas Gerais para eliminar o Cruzeiro da Copa do Brasil.

Publicidade
Publicidade

A competição, aliás, é uma das prioridades do clube em 2017 ao lado da Libertadores.

Complicou

Alexandre Mattos e Cícero Souza, diretor e gerente do #Palmeiras, respectivamente, viajaram para Recife para concretizar o negócio pelo meia atacante Diego Souza. Após duas longas reuniões, o martelo não foi batido e ambos retornaram para São Paulo. Em entrevista coletiva, o técnico Cuca desanimou a torcida em relação ao meia e disse que iria contar com 'o que tem aqui nas mãos'.

De forma oficial, o Palmeiras não se manifestou. Diego era um dos nomes indicados por Cuca, que agora deve correr atrás de outro. Já é o segundo negócio que o Palmeiras não consegue bater o martelo. O primeiro foi Richarlison, do Fluminense. Depois de uma longa conversa também, o atleta preferiu ficar nas Laranjeiras.

Publicidade

Reforço para a zaga

A viagem para Recife não foi em vão. Alexandre Mattos conseguiu contratar o zagueiro Adryelson, de apenas 19 anos. Alexandre Faria, executivo de #Futebol do Sport, confirmou a concretização do negócio. Faria também fez questão de ressaltar que o empréstimo de Adryelson não tem nada a ver com as conversas por Diego Souza.

O executivo do Sport confirmou a ida de Cícero Souza na Ilha do Retiro e reiterou: "Diego Souza não sai".

Na Libertadores

A diretoria deve correr atrás de mais nomes. A lesão de Alejandro Guerra preocupa, principalmente para o jogo de ida. Cuca terá apenas Raphael Veiga como opção de armação. Moisés, recuperando-se de cirurgia, deve retornar ao time somente em setembro ou outubro.

A Conmebol alterou o limite de inscrições. Agora são seis novos nomes que podem ser inseridos para a disputa da competição. O Palmeiras tem até 48h antes do jogo de volta para confirmar os novos nomes. Palmeiras e Barcelona-EQU se enfrentam em São Paulo no dia 9 de agosto. Dará tempo? #Mercado