Em condições semelhantes na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro – estão empatados com 12 pontos na sexta colocação – Botafogo e Vasco se enfrentam nesta quarta-feira (21), às 21 horas, no estádio Engenhão, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Os dois times vem de vitórias contra equipes catarinenses. O #Vasco bateu o Avaí, no sábado, em São Januário, por 1 a 0, enquanto que o Fogão surpreendeu a Chapecoense, na Arena Condá, voltando de lá com um valioso 2 a 0 na bagagem.

Por terem se alternado na Série A nos últimos anos, o último duelo entre as equipes pela elite do futebol brasileiro havia acontecido em 2013, quando o placar ficou empatado em 2 a 2.

Publicidade
Publicidade

Jefferson, Jomar e Thalles são os únicos remanescentes daquele duelo que aconteceu antes da Copa do Mundo do Brasil.

Aliás, falando em Jefferson, o goleiro será a grande novidade na equipe do #Botafogo. Após um longo período afastado por conta de lesão, o ídolo botafoguense ficará no bando de reservas, enquanto que Gatito seguirá como titular. Camilo e Jefferson são outros jogadores que estão de volta ao time, assim como Montillo que poderá ser opção de banco.

Pelo lado do Vasco, o técnico Milton Mendes tem grandes possibilidades de repetir a escalação que bateu o Avaí. A única dúvida deve ficar por conta de Jean, que sofreu uma pancada na coxa no jogo contra os catarinenses e não treinou nesta terça. Se não puder jogar, Wellington deverá ocupar sua vaga.

Para ampliar a sequência invicta, que já dura a três jogos, e vencer o primeiro clássico no #Brasileirão, o técnico Jair Ventura deverá começar o jogo com Gatito no gol, a dupla de zaga formada por Carli e Igor Rabello e Arnaldo e Victor Luis nas laterais.

Publicidade

O meio terá Lindoso, Bruno Silva, Matheus Fernandes e João Paulo. Rodrigo Pimpão e Roger serão os homens de frente.

O Vasco, que ao lado do Atlético Goianiense, é um dos únicos que não empatou ainda no campeonato, deverá ser escalado por Milton Mendes da seguinte forma: Martín Silva no gol, a defesa formada por Gilberto, Breno, Paulão e Henrique, o meio com Douglas e Jean (ou Wellington) como volantes. Mais na frente Yago Pikachu, Mateus Vital e Nenê, com Luis Fabiano avançado.

Retrospecto no ano

Botafogo e Vasco já se enfrentaram duas vezes neste ano, ambas no estádio Engenhão e com mando vascaíno. A última delas pela final da Taça Rio, quando o Gigante da Colina venceu por 2 a 0. Envolvido em uma grande maratona de importantes jogos pela Copa Libertadores, naquele jogo, o técnico Jair Ventura decidiu por escalar um Botafogo praticamente todo de reservas. Na primeira fase da Taça Rio, os times empataram sem gols.