Atlético Mineiro e Flamengo começam nesta quinta-feira (8) a decidir o título da #Copa do Brasil Sub 20. O primeiro embate entre as equipes está marcado para às 18h30, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

Os times possuem campanhas bem distintas na competição. O #Flamengo chegou à decisão sem maiores sustos, conquistando cinco vitórias e dois empates ao longo do torneio. Antes, havia passado por CRB – precisando de apenas um jogo -, Figueirense e Bahia.

Já o Galo sofreu duas derrotas e venceu quatro jogos. O último deles foi no confronto de volta das semifinais, contra o Vasco, em São Januário, quando conseguiu dois gols nos acréscimos para carimbar seu passaporte para a final.

Publicidade
Publicidade

O time, dirigido por Ricardo Resende, também havia deixado pelo caminho Atlético GO, Ponte Preta e Chapecoense.

O único desfalque na equipe mineira é Renan Gomes, que está machucado. Assim, o time que iniciará a final terá Cleiton no gol; a defesa formada por Emanuel, Bremer, Nathan e César; o meio com Pedro, Cícero e Marquinhos; e, na frente jogam Marco Túlio, Daniel e Flávio.

O Flamengo, por sua vez, terá quase meio tome de fora. O goleiro Hugo, o lateral-esquerdo Michael e volante Vinicius Souza estão com a Seleção Brasileira que disputa o Torneio de Toulon. Dener e Hugo Moura estão machados. Assim, o time que começará jogando deverá ter Gabriel Batista defendendo a meta; Kleber, Bernardo, Rafael e Moraes compondo a defesa; Théo, Jean Lucas e João Pedro formarão o meio; e, na frente, Lucas Silva, Gabriel Silva e Loran ou Lincoln.

Publicidade

O jogo de volta acontece na próxima quinta-feira (15), no mesmo horário, na Ilha do Urubu.

Acabou a paciência

Após falhar no primeiro gol do Sport, a torcida do Flamengo definitivamente perdeu a paciência com o goleiro Alex Muralha. Antes mesmo do final do jogo, ele recebeu muitos protestos por meio das redes sociais, praticamente todas pedindo a saída do camisa 38 da equipe titular. Já na terça-feira (6), na chegada da delegação a Recife, o jogador já havia sido vaiado pelos torcedores que foram até o aeroporto.

Um dos lances que provocaram ira do torcedor aconteceu no segundo tempo, quando o goleiro se atrapalhou todo em uma bola recuada e acabou tocando com a mão, provocando um tiro livre indireto. Mas o pior estava por vir. Pouco depois, ele tentou fazer um lançamento com os pés, mas acabou dando um passe para Osvaldo, que da entrada da área mandou no ângulo, fazendo o primeiro gol da partida. #Atletico-MG