Se os críticos diziam que a tabela até o momento favoreceu ao Corinthians, líder e único invicto do Campeonato Brasileiro, os três próximos desafios, em um curto espaço de uma semana, será a oportunidade dos comandados do técnico Fábio Carille provarem o contrário. A equipe enfrentará adversários da parte de cima da tabela, sendo o último deles podendo ser briga direta pelo topo da tabela.

Não que o time viesse de uma sequência tranquila. Afinal, duelos contra Santos, Vasco, São Paulo e Cruzeiro estão longe de serem considerados fáceis, mas essas equipes já apresentaram momentos de instabilidade no campeonato, além de – exceto o jogo contra os cariocas -, os confrontos terem sido na Arena #Corinthians.

Publicidade
Publicidade

Agora o cenário muda um pouco.

O primeiro adversário dessa tríplice pedreira será o Coritiba, domingo (18), às 11 horas, no Couto Pereira. Diferente de anos anteriores, o Coxa iniciou muito bem sua campanha, tendo sido derrotado em apenas um jogo, contra o Santos, onde foi melhor e desperdiçou um pênalti no final.

A equipe paranaense, terceira colocada, com 14 pontos, vem de um empate sem gols contra o Bahia, que, aliás, será o segundo adversário dos alvinegros na última partida da série que farão em casa, na quinta-feira (22), às 19h30, na Arena. O Tricolor de Aço é o sexto colocado com 10 pontos.

O jogo mais difícil dessa trinca será justamente o último, contra o Grêmio, em Porto Alegre (RS). O time gaúcho está apenas um ponto atrás (19 contra 18) e a única vez que desperdiçou pontos foi na derrota contra o Sport, quando atuou com time reserva.

Publicidade

Além dos elencos de qualidade que terá pela frente, outro adversário duro para o time será o desgaste físico. Alguns atletas já tem acusado cansaço e isso foi perceptível na partida diante do Cruzeiro.

A equipe já não apresentou a mesma intensidade de outros jogos e isso poderá obrigar o treinador corintiano a fazer mudanças na equipe titular. Diante dos mineiros, Carille pode repetir a escalação feita no jogo anterior, diante do São Paulo, algo muito raro no futebol hoje em dia.

Passando por essa fase mais dura, o time fará quatro jogos na cidade de São Paulo, sendo os dois primeiros em casa, contra Botafogo, que poderá já estar focando suas atenções nas oitavas de final da Copa Libertadores, e também a Ponte Preta, que diferente de seus rivais, não tem lhe apresentado muita resistência. Depois pega o Palmeiras no campo do adversário e receberá o Atlético Paranaense em sua Arena. #Siga o Líder #Brasileirão