Defendendo a liderança isolada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians recebe nesta quarta-feira (14), às 21h45, na Arena em Itaquera, o irregular Cruzeiro pela sétima rodada da Competição. Único invicto do campeonato, o Timão encara a equipe de Mano Menezes, que conseguiu amenizar um pouco a pressão após vitória sobre o Atlético Goianiense, por 2 a 0, na última rodada.

Para o duelo contra a Raposa, o técnico Fábio Carille ainda não poderá contar com Fagner e Rodriguinho, que estavam com a Seleção Brasileira e dessa forma deverá repetir a escalação que venceu o São Paulo, por 3 a 2, no final de semana. Dessa forma, Paulo Roberto seguirá atuando, improvisado na lateral direita.

Publicidade
Publicidade

Assim, o treinador começará a partida com Cássio no gol, as laterais com Paulo Roberto e Guilherme Arana e a dupla de zaga formada por Balbuena e Pablo. No meio Gabriel e Maycon serão os volantes com Jadson mais avançado. Na frente Marquinhos Gabriel, Romero e Jô.

No #Cruzeiro, Mano Menezes terá uma baixa e uma volta. Robinho, com dores no joelho será a ausência, enquanto que Rafael Sobis volta de lesão na coxa e ficará à disposição. Caicedo, convocado para a seleção do Equador ainda segue fora e com isso, o jovem Murilo, de apenas 20 anos, segue na zaga.

O time que tentará quebrar uma invencibilidade de 19 jogos do #Corinthians deverá começar com Fábio no gol, as laterais com Ezequiel e Diego Barbosa e a dupla de zaga com Murilo e Léo. O time jogará com três volantes: Lucas Romero, Henrique e Ariel Cabral.

Publicidade

Na frente Alisson ou Rafinha, Thiago Neves e Ábila. Mesmo com constantes críticas ao técnico Mano Menezes, o Cruzeiro é o sexto colocado com 10 pontos.

Conseguir o que só o Cruzeiro conseguiu

Sempre que questionado sobre a atual fase e a liderança no campeonato, o elenco corintiano tem pregado cautela, afirmando que a competição está apenas no começo, e se depender das estatísticas, eles estão inteiramente certos. Desde que a competição passou a ser disputada no formado de pontos corridos, em 2003, apenas em duas oportunidades o time que liderava na sexta rodada bateu campeão. Coincidentemente em ambas, esse time foi o Cruzeiro, adversário desta noite.

A primeira vez aconteceu justamente no ano em que entrou em vigor o atual formato. Na ocasião os mineiros – que também estrearam com empate -, tinham na sexta rodada 14 pontos, dois a menos que o Corinthians atualmente. Com 26 times jogando aquela edição, a Raposa somou ao final do campeonato 100 pontos.

Em 2014 a pontuação cruzeirense foi ainda menor: 13 pontos na sexta rodada. Porém o time de Marcelo Oliveira nadou de braçada no restante do campeonato e levou o título sem maiores sustos.

Por outro lado, em 2010, o Corinthians tinha os mesmos 16 pontos na sexta rodada e viu o Fluminense ficar com a taça. Ano passado o Timão também era líder na sexta rodada, com 13 pontos, mas o caneco foi para o rival Palmeiras. #Brasileirão