“Você não está jogando nada”, foi esta a frase de um furioso torcedor do Santos para #Lucas Lima em uma rede social. No entanto, a bronca pelo desempenho do time deveria ser tamanha que o santista acabou mandando a mensagem para o músico e cantor, xará do jogador de futebol que, bem-humorado, respondeu: “fala isso pro Barcelona que tá me querendo (sic)”.

A insatisfação do torcedor santista com o jogador – e não com o marido da cantora Sandy - tem sentido. Desde que começaram a circular as notícias de sua possível ida para o Barcelona, Lucas Lima não tem apresentado o mesmo rendimento em campo, sendo apenas discreto nos duelos contra Sport e #Flamengo, em que o time acabou saindo de campo derrotado.

Publicidade
Publicidade

O episódio também provocou atrito entre o #Santos e o Barcelona. O clube paulista chegou a notificar a Fifa (Federação Internacional de Futebol) e também o clube espanhol por aliciamento. Os espanhóis enviaram um e-mail de resposta reclamando que a notificação havia sido desnecessária e que é conhecedor das regras da Fifa.

O contrato de Lucas Lima com o Santos termina ao final do ano. A partir do próximo mês, ele já está livre para assinar um pré-contrato com outro clube. Antes desse período é vetado pela Fifa que o atleta inicie negociações com outro clube.

Os dirigentes santistas afirmam ter provas que o Barcelona já conversa diretamente com os empresários do jogador. Modesto Roma, presidente do alvinegro, já teve uma conversa com Lucas Lima sobre renovação e este ficou de dar em breve uma resposta.

Publicidade

Precisa repetir feito

A derrota por 2 a 0 para o Flamengo, nesta quarta-feira (28), pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, na Arena do Urubu, deixou o Santos em situação bastante complicada dentro da competição. Para se classificar, o Peixe terá que vencer o jogo de volta, marcado para o próximo dia 26, na Vila Belmiro, por três gols de diferença ou devolver o placar para levar a decisão para as penalidades.

No entanto, uma vitória por essa margem de gols tem sido algo raro no Santos na atual temporada. Somente em duas oportunidades o Peixe conseguiu fazer o saldo que precisa para avançar às semifinais e contra times pequenos.

A primeira goleada aconteceu logo em sua estreia no Campeonato Paulista: 6 a 2 em cima do Linense, na Vila Belmiro. Os torcedores só voltaram a comemorar um placar elástico no final de maio, quando ainda pela primeira fase da Copa Libertadores da América, o alvinegro bateu o frágil Sporting Cristal, do Peru, por 4 a 0.