O #Vasco está conseguindo o que tanto queria nessa temporada: brigar na parte de cima da tabela. A equipe de Milton Mendes ganhou do Atlético Goianiense no último domingo, às 11h, e se consolidou ainda mais dentre as equipes que brigam por uma vaga na Libertadores da América.

Porém, ainda se nota uma grande dificuldade de Milton Mendes encontrar bons substitutos à altura. Na zaga, hoje o Breno e Paulão são titulares absolutos, mas a reserva ainda não se mostra muita confiança, por isso alguns novos nomes podem chegar em São Januário.

O Vasco ainda não fechou o elenco, por isso a diretoria ainda espera o desfecho do zagueiro Anderson Martíns, para ser mais uma opção defensiva do Cruz-Maltino.

Publicidade
Publicidade

O jogador ainda é visto como uma possibilidade, mas é preciso que ele consiga a sua liberação para acertar a sua volta ao Vasco. Vale lembrar que no ano de 2011 Anderson Martíns ganhou a Copa do Brasil com o Vasco, fazendo dupla com o zagueiro Dedé, que hoje defende as cores do Cruzeiro.

O jogador voltou ao #Futebol brasileiro no ano de 2014, mas para vestir a camisa do Corinthians. Até que ele foi bem, mas por questões de contrato voltou logo para o futebol árabe. No último mês o mesmo Corinthians tentou repatria-lo, mas a tendência é que ele vista a camisa do Vasco, caso consiga a sua liberação.

A defesa não é o único problema que o Vasco passa nesse momento. O ataque ganhou um grandes desfalque depois da lesão no ligamento do joelho de Kelvin, que se machucou contra o Corinthians, na quinta rodada.

Publicidade

Desde então Milton Mendes tem uma opção a menos e por isso a equipe ainda monitora o mercado de olho em boas oportunidades para reforçar o setor ofensivo na sequência da competição.

Milton está tentando encontrar um substituto dentro do próprio elenco, para assim não precisar ir ao mercado e gastar dinheiro para trazer outro jogador. Mas, os testes não tem dado a mesma resposta e por isso a tendência é o Vasco trazer outro jogador ofensivo no próximo mês.

Hoje o ataque conta como principal peça Luis Fabiano, mas o jogador está com 36 anos e não consegue jogar uma grande sequências de jogos e sofre também com os constantes cartões amarelos. No jogo desse domingo, por exemplo, ele levou um cartão amarelo bobo e por consequência irá ficar de fora do próximo jogo do Vasco, fora de casa, contra o Coritiba, em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em caso de vitória vascaína, o time se consolida como um dos melhores cariocas e briga por cima da tabela de classificação. #Reforços