O #Botafogo sabe da necessidade na contratação de novos nomes, principalmente para reforçar o setor ofensivo na sequência da temporada. Nas últimas semanas, surgiram vários nomes especulados no alvinegro carioca, mas de acordo com o Gazeta Esportiva, a diretoria focará no mercado brasileiro para trazer mais jogadores.

Rodrigo Salinas, do Chacarita Juniors, do #Futebol argentino era mais um jogador sondado pela equipe, mas por falta de tempo, a diretoria deve deixar o negócio para outra oportunidade.

Ainda de acordo com a publicação, Alan Mineiro, que está se destacando vestindo a camisa do Vila Nova, é um dos jogadores que está na mira do Botafogo.

Publicidade
Publicidade

O atleta vem negociando com o clube e pode ser mais uma opção para Jair Ventura na disputa da Libertadores e Copa do Brasil. Vale lembrar que Alan Mineiro tem os seus direitos ligados ao Corinthians, desse modo, a negociação pode ser feita com o clube paulista, já que existe uma cláusula que possibilita a sua transferência para um clube que disputa a primeira divisão.

A chegada de reforços de outros países é sempre bem vinda, por outro lado, leva um tempo para se adaptarem a língua e ao nosso futebol, desse modo, investir em um jogador brasileiro se torna a opção mais simples, já que o tempo anda rápido e a Libertadores está perto de voltar.

O foco ainda está em novos reforços. A diretoria agora conta com Brenner para reforçar o setor ofensivo, por outro lado, Camilo, jogador [VIDEO]que está bem baixa, mas tem um grande potencial, irá vestir a camisa do Internacional na Série B.

Publicidade

Um dos nomes que poderiam ter chegado no Vasco era Nenê. O jogador por pouco não foi contratado pelo Botafogo para a disputa da Libertadores, mas o negócio ficou impossibilitado pelo seu alto salário.

O Botafogo até pouco tempo tinha dois camisas 10 no elenco, mas agora, Camilo [VIDEO]e Montillo não fazem mais parte do clube. Montillo chegou no alvinegro enchendo o torcedor de esperanças, mas com as suas lesões e a demora para a readaptação ao futebol brasileiro, o argentino resolveu se aposentar.

Seria a chance de Camilo recuperar o comando do meio de campo, mas o jogador caiu de produção e acabou perdendo espaço no time. Desde o início do ano as coisas foram diferentes para o jogador, que atuou muitas vezes fora de posição, mas agora defenderá as cores do Internacional, que busca um jogador para dividir a responsabilidade no meio de campo e comandar a equipe gaúcha de volta a primeira divisão. #Esportes