Na tarde de 25 de junho, a #Portuguesa era derrotada pela Desportiva Ferroviária por 1 a 0 e, ainda na primeira fase, dava adeus à disputa do Campeonato Brasileiro da #Série D e, consequentemente, ficaria fora da luta pelo acesso e pior, muitos veículos cravaram que a Lusa ficaria sem divisão nacional em 2018. Porém, apenas dois dias depois, começou uma nova caminhada, agora na #Copa Paulista, que pode levar o time a Série D do ano que vem e, até o momento, os resultados estão sendo animadores.

Após a vitória contra o Santos (que joga a competição com sua equipe sub 23), a Portuguesa lidera grupo 3 com 10 pontos em quatro jogos e a defesa ainda não sabe o que é sofrer gols.

Publicidade
Publicidade

Ainda tem muito campeonato pela frente. Apenas na primeira fase serão 14 partidas, mas esse bom início já faz os torcedores, que tanto sofreram nos últimos anos, considerarem a chance de título e uma vaga em uma competição nacional. O campeão escolhe se quer jogar a Série D ou a Copa do Brasil, enquanto que o vice fica com o campeonato preterido pelo vencedor.

Como está na Série A-2 do Campeonato Paulista, a Portuguesa só conseguiria retornar ao quarto nível nacional no mínimo em 2020. Isso porque teria que conquistar o acesso no ano que vem, fazer uma boa campanha na elite em 2019, suficiente para lhe assegurar uma vaga na temporada seguinte. Um caminho muito longo para quem há quatro anos figurava entre os times da Série A.

Por isso, a Copa Paulista tem sido encarada com grande importância e, mesmo sendo uma competição deficitária, a diretoria segue contratando reforços para o elenco.

Publicidade

O último deles foi o meia Júnior Lemos, vindo do futebol Mexicano, além de manter o experiente Marcelinho Paraíba.

O próximo desafio da Portuguesa na competição será domingo (23), contra o São Caetano, que está em terceiro lugar, com seis pontos. O jogo será às 16 horas, no estádio do Canindé. Antes de ver o Santos, o time já havia goleado o Juventus por 3 a 0, empatado sem gols com o Nacional, na casa do adversário, e estreado com vitória no Canindé por 1 a 0 sobre sua xará santista.

Livro

Neste sábado (22), será lançado o livro “Para Nós És Sempre O Time Campeão”. Escrito por André Carlos Zorzi. A obra retrata a campanha da Portuguesa no Campeonato Brasileiro de 1996, quando a Lusa surpreendeu a todos e decidiu o título contra o Grêmio, com a conquista escapando nos minutos finais.

No livro há um perfil de todos os atletas do elenco e entrevista com os 19 jogadores que estiveram em campo naquela competição, além de relatos de todos os 59 jogos que a Lusa fez em 1996.

O lançamento será na padaria Villa Imperial, na Vila Nova Conceição, a partir das 17 horas. O livro, com 564 páginas, custará 40 reais.