Publicidade
Publicidade

Uma notícia triste para o futebol brasileiro neste sábado (28). João Pedro Braga, filho mais novo do técnico do Fluminense, Abel Braga, de 19 anos, morreu após cair da varanda do apartamento da família, no bairro Leblon, no Rio de Janeiro. A delegação do time não viajou para Campinas (SP), onde neste domingo enfrentaria a Ponte Preta, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida foi adiada para o próximo dia 9.

O acidente, cujas maiores informações não foram divulgadas, aconteceu enquanto o treinador comandava as atividades do time no CT. Tão logo soube da fatalidade, o #Fluminense decretou #Luto de três dias e emitiu uma nota oficial prestando solidariedade ao seu treinador.

Publicidade

A diretoria do Tricolor também entrou em contato com a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) pedindo para que a partida contra a Ponte Preta, marcada para este domingo (30), às 16 horas, no Moisés Lucarelli, em Campinas, fosse adiada.

A entidade que organiza o Brasileirão prontamente atendeu a solicitação e transferiu o duelo para o dia 9, quando as equipes teriam folga por conta da data estar reservada para jogos da Copa Libertadores e Sul-Americana, cuja essa segunda competição, os times já jogaram na semana passada. Outros detalhes do adiamento serão passados na segunda-feira (31).

O Fluminense é o 12º colocado no Campeonato Brasileiro, com 21 pontos em 16 jogos. A Ponte possui a mesma pontuação, mas está duas posições acima por ter uma vitória a mais.

Solidariedade dos adversários

Tão logo começou a circular a notícia dando conta da morte do filho do treinador do Fluminense, vários clubes emitiram nota de pesar e solidariedade nas redes sociais.

Publicidade

“O Flamengo lamenta profundamente o falecimento de João Pedro, filho do treinador #Abel Braga”, escreveu o Flamengo em seu Twitter oficial. Botafogo e Internacional também se manifestaram, postando mensagens de apoio à família.

A página oficial do Paris Saint-Germain no Brasil também prestou condolências ao treinador, que atuou pelo time francês. “Muita força nesse momento, querido Abelão! Nossos pensamentos estão com você” foi a mensagem postada junto com uma foto de Abel na época em que defendia o clube.

Jogadores também se manifestaram, um deles foi o atacante do Fluminense Marquinhos Calazans. “Momento triste, que Deus conceda força ao professor Abel e a família”, escreveu. Levado ao time profissional do Internacional por Abel Braga quando tinha apenas 17 anos, Alexandre Pato também se manifestou. “Muita força professor Abel Braga e toda a sua família. Hoje o meu coração está de luto”, postou o ex-Colorado.