Autor do gol que garantiu a vitória do Grêmio por 1 a 0 sobre o Flamengo, nesta quinta-feira (13), na Ilha do Urubu, o atacante Luan mostrou que gosta de balançar as redes rubro-negras. Em 2014, também em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, no Rio de Janeiro, ele já havia deixado sua marca em jogada parecida. Artilheiro do time na temporada, ao lado de Luca Barrios, com 14 gols, o jogador é cauteloso quando o assunto é transferência para o exterior.

“Se eu for, vai ser no momento certo", disse o gremista que nos últimos dias viu seu nome especulado em uma negociação com a Sampdoria, porém o #Grêmio teria recusado uma oferta de 12 milhões de euros, cerca de 44 milhões de reais feita pelos italianos.

Publicidade
Publicidade

O clube gaúcho, no entanto, só o negocia por 24 milhões de euros.

Com relação às especulações, Luan diz que prefere ficar focado no Grêmio e pediu até para que seus agentes não lhe informem sobre especulações, para assim se manter concentrado e tranquilo para jogar. “Minha cabeça está toda aqui no Grêmio ainda. Enquanto eu estiver aqui, vou procurar fazer o meu melhor”, disse o jogador de 24 anos.

Odorico Roman, vice-presidente de futebol do Tricolor Gaúcho, disse que o time pensa em vender jogadores, mas não citou nomes. Ele garantiu que a diretoria só fechará negócio se ele for bom para o clube. “Chegando a proposta, vamos analisar. Se for bom para o Grêmio e bom para o jogador, é possível que saia negócio”, explicou o dirigente, que revelou ainda que o clube depende da venda de jogadores para cobrir seu orçamento.

Publicidade

Vice-líder do Campeonato Brasileiro com 25 pontos em 13 jogos disputados, o Grêmio volta a campo no próximo domingo (16), quando enfrenta a Ponte Preta, às 16 horas, em sua arena.

Rei do Rio

A vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo deu ao Grêmio uma interessante marca. O time gaúcho bateu todos os quatro clubes do Rio de Janeiro no primeiro turno. A série começou logo na estreia do campeonato, quando jogando em Porto Alegre, o time de Renato Portaluppi fez 2 a 0 em cima do Botafogo. Depois, também em sua arena, repetiu o placar em cima do Vasco e ainda foi até o Macaranã para bater o Fluminense por 2 a 0. Fora isso, o Tricolor Gaúcho já havia batido o Tricolor Carioca nas duas partidas as oitavas de final da Copa do Brasil.

No ano passado, nos seis jogos que fez contra equipes do Rio de Janeiro – o Vasco estava na Série B -, o retrospecto foi totalmente desfavorável, com apenas uma vitória – diante do Flamengo -, um empate e quatro derrotas. #Mercado da bola #Brasileirão