Fazendo uma boa temporada, alguns jogadores se destacam, abrindo assim a possibilidade de uma investida de outros clubes. Camilo não está fazendo uma boa temporada, mas no ano passado foi o principal jogador da equipe. Importante na equipe, a diretoria corre para renovar o seu vínculo com o clube, que deve sair já nessa semana.

Segundo o #Esporte Interativo, o alvinegro conversa com jogador faz algum tempo para a renovação do vínculo, que avançou e deve ser estendido até o final de 2019.

Camilo foi muito importante no Campeonato Brasileiro do ano passado, quando ajudou a equipe a se classificar para a Libertadores. Com 31 anos e 57 jogos disputados, a expectativa é que ele volte a mostrar o mesmo #Futebol do ano passado e ajude o time no restante da temporada e na busca pelo título da Libertadores.

Publicidade
Publicidade

Pelo visto, o torcedor não está muito animado com essa renovação. Vários criticaram a diretoria alvinegra, alegando que Camilo não deveria ter o seu vínculo estendido. Com um futebol menor do que apresentado no último ano, o atleta agora vive um dos piores momentos desde que vestiu a camisa do Glorioso.

Depois de se destacar vestindo a camisa da Chapecoense, Camilo chamou a atenção do Al-Shabab, onde passou 5 meses sem receber salário e rescindiu o seu contrato. Depois o alvinegro surgiu como interessado e o acabou trazendo. Contra o Grêmio, fez um golaço de bicicleta e caiu nas graças do torcedor. Pelo bom desempenho na última temporada, acabou sendo convocado por Tite para defender as cores da seleção brasileira no amistoso contra a Colômbia, no estádio Nilton Santos, no dia 25 de janeiro.

Publicidade

A cobrança pela chegada de novos jogadores ainda é grande. Leo Valencia assinou com o #Botafogo e é esperança de gols para a Libertadores e Copa do Brasil. O jogador que atua na seleção chilena chegou como o substituto de Montillo, que acabou de se aposentar por conta das lesões frequentes.

Ele demonstra estar em ótimas condições físicas. Dessa forma, a sua estreia com o manto deve ser o mais rápido possível. Com o jogo de volta da Libertadores ainda distante, quanto mais ele jogar, mais irá se adaptar o elenco e ganhar mais entrosamento com os seus novos companheiros.

Hoje, o ataque botafoguense é o setor mais carente e que recebe críticas por parte da torcida. A falta de investimentos para aumentar a concorrência no setor faz com que o time marque poucos gols, mesmo, às vezes, tendo diversas chances.