O duelo desta terça-feira à noite (25) contra o #Oeste, válido pela 17ª rodada da série B, pode ser a última do treinador #Guto Ferreira no comando do #Internacional. Quando um time de expressão é rebaixado, normalmente se espera uma campanha fácil e uma volta com o título da divisão de acesso.

Porém, nem de longe é isso que se vê com a equipe gaúcha. Com um ano conturbado, a equipe com maior cota, sócios e renda da segunda divisão do Campeonato brasileiro não consegue em campo exercer superioridade. Em seus domínios, a equipe colorada conta até então com apenas duas vitórias: uma contra o Náutico e outra contra a Luverdense.

Publicidade
Publicidade

Em todo o campeonato, o Inter conquistou 24 dos 48 pontos disputados: São seis vitórias, quatro derrotas e seis empates. Exigindo resultados melhores, a torcida pede a cabeça do treinador e não poupa nem os craques da equipe. Por isso, ou o time vence e convence na partida desta terça-feira, ou o comandante pode ser demitido ainda no vestiário.

Troca Infeliz?

Após fazer campanha espetacular com o Bahia [VIDEO], vencendo a Copa do Nordeste, o treinador Guto Ferreira foi cobiçado por várias equipes no futebol nacional. Mas, pela identificação com o clube colorado, Guto decidiu não permanecer em solo baiano, transferindo-se assim para o Internacional.

O que muitos comentaristas esportivos questionam é se aquele era o momento propício para essa mudança. O treinador vinha fazendo um trabalho incrível, com um time consolidado e que em campo tinha sua cara.

Publicidade

Após sua transferência, o que se vê é o mesmo Internacional que perdeu o título estadual. Sem foco, sem rumo e até sem comando tático.

Então, será que o Guto Ferreira fez certo em trocar o Bahia pelo Inter? Será que ele fez bem em sair de uma primeira divisão para treinar pela segunda? Bem, ninguém pode afirmar isso. Tampouco se pode julgar o que fez o treinador optar pela troca. A única coisa possível de se afirmar é que ou o time muda já nesse jogo ou alterações serão feitas.

Jogo decisivo

Para o Oeste, a partida de hoje é encarada como de firmação. Nos últimos seis jogos, o time teve apenas uma derrota. Com uma estrutura muito inferior, o time paulista faz uma campanha bastante parecida com a do time gaúcho.

Enquanto o Internacional está na 6ª colocação com 24 pontos, o Oeste está na 10ª com 23. Com certa distância da zona de rebaixamento, o time vai a Porto Alegre tentando sua primeira vitória fora de casa.

A partida acontece será às 21h30, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS). A arbitragem será de Claudio Francisco Lima e Silva, auxiliado por Cleriston Clay Barreto Rios e Ailton Farias da Silva.