Apesar de ter perdido por 4 a 2 para o Santos, na Vila Belmiro, o #Flamengo conseguiu a vaga nas semifinais da #Copa do Brasil por conta dos gols marcados fora de casa. Mesmo com o time classificado, o técnico Zé Ricardo foi alvo de duras críticas do comentarista da ESPN Brasil Mauro César Pereira no programa 'Linha de Passe' da madrugada desta quinta-feira (27).

"A atuação do Flamengo, que pela primeira vez no ano toma quatro gols, é algo para ser muito discutido, mas muito discutido. Uma coisa vergonhosa”, disse o jornalista fazendo referencia a fraca atuação da defesa. “O Flamengo fez questão de se complicar em diferentes momentos do jogo”.

Publicidade
Publicidade

O jornalista também criticou o técnico flamenguista por suas escolhas, perguntando como um time com jogadores tão caros pode terminar uma partida com os piores em campo. “O técnico Zé Ricardo, com suas escolhas absurdas, terminou o jogo com Muralha, Rafael Vaz, Márcio Araújo e Gabriel em campo. O Flamengo contrata 500 jogadores caros, e ele termina o jogo com quatro dos piores jogadores do elenco reunidos e ainda toma mais um gol no final. É uma paixão avassaladora por jogadores medíocres?”, questionou o comentarista, lembrando que mesmo com vários jogadores não atuando, por não terem sido inscritos na competição, o técnico tinha melhores opções em seu banco de reservas.

Sobrou também para o goleiro Alex Muralha, que voltou ao time titular após várias rodadas do Campeonato Brasileiro na reserva.

Publicidade

Mauro classificou a saída do jovem Thiago, que vinha jogando bem, como absurda, e responsabilizou o Muralha pelo gol sofrido por Copete e também no quarto gol santista, quando ele saiu muito mal do gol. “Ele foi barrado por deficiência e voltou pior do que nunca”, disparou.

Por fim, ele analisou que o Flamengo não teve equilíbrio para segurar a bola, contornar os momentos difíceis do jogo e ainda teve falhas individuais. “Não dá para entender qual é a ideia do Zé Ricardo, o pretende com isso, essa uma identificação muito grande com jogadores medíocres. É algo sério que merece sim uma discussão interna. Não dá para ver dirigente de clube colocando panos quentes em um quase papelão que hoje o Flamengo cometeu”, analisou.

Por fim, ele disse que o técnico Zé Ricardo não está aproveitando o farto cardápio de jogadores que tem no elenco. “É o cara que vai ao restaurante e pede pão com ovo, e vai comer o pão com ovo a vida inteira”.

O próximo adversário do Flamengo na Copa do Brasil será o Botafogo, que também nesta quarta-feira (26) avançou para as semifinais ao bater o Atlético Mineiro por 3 a 0. Pelo Campeonato Brasileiro o time joga no domingo (30), às 16 horas, em Itaquera, contra o Corinthians. #Santos