O Corinthians recusou uma oferta feita pelo São Paulo pelo goleiro Walter. O time do Morumbi, inclusive, teria oferecido um salário maior ao que o arqueiro reserva recebe no Parque São Jorge, porém a diretoria preferiu não liberar o jogador.

Pode parecer curioso, mas uma das razões pela qual decidiu-se manter o goleiro foi justamente a boa base do titular Cássio. Com ótimas atuações, a comissão técnica já trabalha com a possibilidade de futuras convocações para a Seleção Brasileira em meio a disputado Campeonato Brasileiro e com isso precisaria de um substituto à altura. Todas as vezes que esteve em campo, Walter correspondeu e, no ano passado, chegou a tomar a posição de titular do camisa 12, que não atravessava bom momento.

Publicidade
Publicidade

No #Corinthians desde 2013, quando veio da União Barbarense, Walter foi titular no inicio do Campeonato Brasileiro do ano passado, quando Tite, ainda técnico do Corinthians, surpreendeu ao deixar Cássio no banco de reservas. Ele só perdeu a posição porque se machucou e após se recuperar, o antigo titular voltou a ter atuações seguras o que lhe fez recuperar a posição.

Walter tem 55 jogos com a camisa do Corinthians, mas nesta temporada ainda não entrou em campo. Há algumas semanas surgiram especulações de que ele poderia ir para o Flamengo, que no final acabou fechando com Diego Alves.

Defender a meta do São Paulo se tornou um grande problema após a aposentadoria de Rogério Ceni. Depois de ter praticamente o mesmo goleiro por duas décadas, o time encontra dificuldades para encontrar um substituto a altura.

Publicidade

No ano passado o titular foi o contestado Denis. Neste ano, o time iniciou a temporada com Cidão, que havia feito um bom Campeonato Brasileiro no ano passado pelo Botafogo, mas com a camisa do Tricolor acabou não repetindo as boas atuações e após se machucar perdeu a posição para Renan Ribeiro.

Só penso no Corinthians

Outro jogador corintiano que esteve nos noticiários nesta segunda-feira (17) foi o volante Maycon. Titular no time de Fábio Carille, o jogador de 20 anos sofre constante assédio de outras equipes, mas disse que no momento está focado em ficar no Corinthians. “Só penso no Corinthians. Pretendo ficar aqui, terminar o ano bem, se possível com esse título brasileiro”, disse o atleta que tem contrato com o alvinegro até o final 2021.Líder do Campeonato Brasileiro com 36 pontos em 14 jogos, o Corinthians tem mais um desafio nesta quarta-feira (19), quando irá até Florianópolis encarar o Avaí. #Mercado da bola #São Paulo FC