O clima no Palmeiras [VIDEO] dá sinais de que começa a azedar. Após a eliminação diante do Cruzeiro, em Belo Horizonte, na última quarta-feira (26), o técnico #Cuca se reuniu com todo o elenco nesta sexta (28) e comunicou que o jogador Felipe Melo está afastado do time e não ficará à disposição para a partida contra o Avaí que ocorrerá neste sábado.

Não houve uma informação oficial por parte do #Palmeiras ou Cuca, mas a versão que corre é que houve um desentendimento entre ambos, e o técnico decidiu afastar o jogador para preservar o ambiente.

Já assessoria de imprensa de #Felipe Melo utilizou as redes sociais para afirmar que o jogador não está afastado, mas sim, que não foi relacionado para o jogo.

Publicidade
Publicidade

Dentro do clube se sabe que técnico e jogador não possuem um relacionamento perfeito. Se nos tempos de Eduardo Batista, Felipe Melo era titular absoluto, com Cuca, a situação mudou e o atleta perdeu muito de seu espaço, começou a ficar no banco de reservar e a ser substituído. Para piorar, uma lesão na coxa o atrapalhou muito.

Cuca já teve a mesma atitude no ano passado, quando decidiu que era melhor afastar Robinho e Lucas para que não tumultuassem o ambiente dentro do elenco, os dois acabaram trocados por Fabrício e Fabiano, do Cruzeiro.

Felipe Melo pode deixar o Palmeiras nos próximos dias

Pelo fato de ainda não ter completado sete partida, Felipe Mello pode ser negociado com outro clube da Série A. Se Cuca decidir mantê-lo afastado, não seria interessante para o Palmeiras manter um atleta com alto salário encostado.

Publicidade

Sem contar que o próprio jogador iria reclamar.

Torcida dividida

Apesar de Cuca ter ajudado o Palmeira a conquistar o seu título mais importante nos últimos 18 anos, a torcida alviverde está dividida. Muitos querem e até protestam para que Felipe Melo seja titular absoluto da equipe, já outros, apostam que Cuca é mais importante que o jogador e que se decidiu afastá-lo, é porque percebeu que ele pode prejudicar o ambiente.

Histórico de polêmicas

Felipe Melo caiu nas graças da torcida por demonstrar ser um volante “raçudo” e que fala o que pensa, porém sua carreira é marcada por bons momentos, mas por falhas absurdas graças ao seu temperamento. Na Copa de 2010, era titular da seleção e na partida contra a Holanda, perdeu a cabeça e após uma falta, acabou dando um violento pisão em Robben, foi expulso e prejudicou as chances do Brasil buscar o empate, já que estava com um homem a menos e perdia por dois a um.

Nos clubes em que passou, o jogador também se envolveu em algumas confusões por entradas violentas.