O #Palmeiras ainda não tem uma definição para a contratação de um novo centroavante, o que é o pedido do técnico da equipe, Cuca, mas enquanto isso a diretoria do Verdão continua atuando freneticamente no '#Mercado da bola' e agora busca um reforço para a lateral esquerda, que está defasada, e o zagueiro canhoto Juninho está sendo utilizado na posição de forma improvisada.

Lateral-esquerdo que atuou no Barcelona

Segundo o 'Globo Esporte' o Palmeiras analisou a situação do brasileiro que já atuou pelo Barcelona e, atualmente joga pelo Besiktas, Adriano, porém, as negociações não avançaram, mas o jogador continua na mira da diretoria do clube para uma possível contratação ainda nesta temporada.

Publicidade
Publicidade

Outro jogador que foi analisado é o lateral-esquerdo [VIDEO] revelado pelo rival Corinthians que, atualmente, joga na Sampdoria da Itália, porém, as negociações também não avançaram e este deve sair da mira da diretoria do Verdão.

O clube vem analisando a situação de diversos possíveis #Reforços para a posição e enquanto isso o técnico Cuca vem improvisando jogadores na posição, assim como Zé Roberto, Juninho, Egídio e até mesmo o Michel Bastos, que se enquadra como meia e ponta.

O grande problema é que Zé Roberto, por conta da idade, tem dificuldades de atuar os 90 minutos, Michel Bastos já afirmou que prefere atuar em suas posições de origem, Egídio é muito ofensivo e pouco defensivo e o zagueiro Juninho é, evidentemente, super defensivo.

Centroavante chegando?

A diretoria do Palmeiras travou uma novela em busca de um novo centroavante e esta envolve até o jogador que já atou pelo Verdão de 2008 até 2010, Diego Souza, porém, o próprio já assumiu estar cansado de ficar nessa situação em que não sabe qual vai ser o seu futuro e o presidente do Sport-RE assumiu que não tem desejo de negociar o jogador.

Publicidade

O Verdão deve correr atrás de um centroavante, já que é o pedido do técnico [VIDEO]Cuca, para prosseguir bem na Libertadores da América e os outros campeonatos que a equipe disputa durante o restante da temporada, porém, tentativas de contratações não estão dando certo.

Uma tentativa que não foi bem sucedida e deixou o relacionamento entre as duas equipes conturbado foi a que aconteceu com o Richarlison, do Fluminense, no qual o Verdão ofereceu R$ 40 milhões, mas o jogador já havia atuado os jogos mínimos por uma equipe no campeonato brasileiro. O grande problema foi que a proposta veio antes de um jogo entre as duas equipe e, segundo a diretoria do Flu, aquilo poderia ter mexido com a cabeça do atacante que, por isso, não atuou naquela partida.