O #Vasco fez nesta semana a maior venda da sua história. Se o time ganhou muito financeiramente, tecnicamente foi uma grande perda, mas devem chegar novos nomes para substituí-lo. O último jogo de Douglas Luiz pelo Vasco foi contra o Coritiba, no dia 2 passado, quando o time empatou por 2 a 2. O jogador foi vendido ao Manchester City por R$ 45 milhões.

Ele assinou contrato com o City e se despediu da torcida vascaína com uma mensagem [VIDEO]emocionante: ''Chegou o dia de dizer até breve para a família que me acolheu ainda moleque, em busca de um sonho, e me apresentou para o mundo. Vocês serão inesquecíveis!'', postou o jogador na em seu perfil no Instagram.

Publicidade
Publicidade

O jogador viajou na quinta-feira (13) para Inglaterra, onde já posou com fotos ao lado do técnico Guardiola e promete ser um dos grandes jogadores do time nos próximos anos. Porém, ele não deve ficar no City nesta temporada. O clube inglês pretende emprestá-lo ao Girona, clube que acaba de subir para a primeira divisão da Espanha, para ganhar experiência.

Nos últimos meses se soube do interesse do time de Guardiola na contratação de Douglas. Olheiros do Manchester City estiveram em São Januário no jogo contra o Atlético-GO para observar o jogador. Como um dos grandes jogadores do time de Milton Mendes, ele ganhou ainda mais destaque com a chegada do treinador, se tornando assim peça fundamental na equipe.

Douglas começou a ganhar espaço com Jorginho, no ano passado. Desde o início já se viu que ele tinha muito talento.

Publicidade

Em 2017, o veio o salto de qualidade, ajudando o time em momentos importantes. Ele muitas vezes era o melhor jogador em campo pelo Cruzmaltino.

O dinheiro veio na hora certa para o Vasco. O clube colocou tudo em dias e a torcida está ansiosa para saber o que o clube deseja fazer com o dinheiro da maior venda da sua história.

O time dentro de campo está correspondendo e todos esperam que brigue até o final do campeonato por uma vaga na Libertadores. Caso a diretoria contrate um substituto à altura, a expectativa para o desempenho do time na temporada fica ainda maior.

O Vasco não vai contar com o estádio de São Januário por muito tempo, devido as brigas ocorridas no clássico contra o Flamengo. Sem atuar em seu estádio, a tendência é que a receita com bilheteria caia muito, fazendo que a parte financeira fique muito comprometida.

Desse modo, todos esperam que os valores da venda do jovem jogador ajudarão o time a passar por esse momento complicado fora de campo e terminar 2017 em alta. #Esportes #Futebol