Brenner começou o ano com o pé direito no Internacional. Fazendo gols, foi um dos jogadores mais importantes na disputa do campeonato estadual. Porém, com o passar do tempo, o jogador caiu de produção e acabou perdendo espaço no clube gaúcho. Como o #Inter demonstrou interesse em Camilo e o Botafogo queria Brenner, não deu outra: negócio fechado.

Brenner falou da expectativa de vestir a camisa do Botafogo e comentou os motivos da sua saída do clube gaúcho rumo ao #Futebol carioca.

''Não estou tendo espaço e por acaso aconteceu minha ida para o Botafogo [VIDEO]. O Botafogo está disputando a Libertadores e [VIDEO] muito mais.

Publicidade
Publicidade

Não é só por um único fator, mas sim por uma série de coisas. Tudo depende do que irá acontecer de agora em diante para todos ficarem felizes'', afirmou o jogador.

Os números de Brenner na temporada são ótimos. O grande problema é que eles não se alteram desde o mês de abril, quando ele marcou o seu último gol com a camisa colorada, ainda pelas quartas de finais do Gauchão.

''Não estou vivendo um bom momento. Não somente eu, mas também toda a equipe. Estamos vivendo a falta de gols. Isso vai passar. Os gols irão voltar. Mas a cabeça tem que está tranquila. O riso é amarelo porque eu sou o artilheiro. Joguei 25, 26 vezes e marquei 13 vezes. A média não é ruim. A cada duas partidas um gol feito. Não tem como falar muita coisa. Cabeça tranquila e bola pra frente", completou o jogador.

Brenner chega em um momento chave no Botafogo, já que a partida de volta da Libertadores se aproxima e até lá ele tem tempo para se adaptar e ajudar o time na disputa por uma vaga para as quartas de finais da Libertadores.

Publicidade

Vale lembrar que o atacante ficará em General Severiano até o final do próximo ano. Por outro lado, Camilo chega em definitivo para o Inter e ainda houve uma quitação de uma divida de quase 500 mil reais que o Fogão devia desde 2009.

Ele chegou no Internacional após se destacar vestindo a camisa do Juventude. Com o bom início, surgiu o interesse do Nantes da França, mas o negócio acabou não dando certo e ele continuará no Brasil, agora para disputar a Libertadores pelo time comandado por Jair Ventura.

Camilo chegou no Botafogo também no ano passado, quando se destacou vestindo a camisa da Chapecoense. O jogador brilhou no seu começo e para muitos foi o melhor jogador do alvinegro no segundo semestre, onde foi muito importante na ótima campanha feita pelo time e também na conquista de uma vaga para essa edição da Copa Libertadores. #Esportes