Depois de vivenciar uma verdadeira barbárie, no Estádio de São Januário, no ultimo sábado (8), onde ao final do jogo, quando sacramentou a vitória por 1 a 0 sobre o rival Vasco da Gama, no clássico dos milhões, o #Flamengo retorna a campo nesta quinta-feira (13), contra o Grêmio, na Ilha do Urubu. O jogo contra o Vasco da Gama ficou marcado pela violência que cominou na morte de um torcedor vascaíno. A confusão se iniciou dentro do estádio, inclusive com a tentativa doa torcida rival tentando impedir a saída dos jogadores rubro-negros de campo.

Nesta quinta-feira, em jogo valido pela 13º rodada da atual temporada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo recebe o Grêmio para continuar firme na luta pelo titulo.

Publicidade
Publicidade

O time carioca precisa superar a equipe gaúcha e solidificar uma campanha vitoriosa.

Tanto o Flamengo quanto o Grêmio encaram o jogo como de suma importância para a continuidade não apenas do posicionamento do G4, que dá direito a uma vaga na Copa Libertadores da América, mas também para não deixar o Corinthians, que é o atual líder, aumentar a distância do 2º colocado, já que atualmente, com a vitória desta quarta-feira (12) sobre o Palmeiras, o Timão abriu uma vantagem de 12 pontos de distância do Urubu Rei.

Para o jogo dessa quinta-feira, o técnico Zé Ricardo pode confirmar o time para enfrentar o clube gaúcho com a seguinte formação: goleiro Thiago, o lateral direito Rodinei, os zagueiros Réver, Rafael Vaz e o lateral esquerdo Trauco; os volantes Márcio Araújo, Cuéllar; e o meia Diego, e fechando a formação com os atacantes Everton Ribeiro, Everton e Leandro Damião.

Publicidade

Flamengo tenta mais uma contratação

Nesta quinta-feira pela manhã, o Flamengo deu mais um passo importante em direção a contratação do goleiro Diego Alves. O jogador tem 32 anos e atualmente joga pelo Valencia, da Espanha. O clube espanhol chegou a iniciar as tratativas para emprestar o jogador ao Torino, da Itália, ou ao La Coruña, da Espanha, mas nenhuma das negociações foi a frente.

Já com o Flamengo a situação é diferente. O clube carioca fez uma proposta de empréstimo até 2018, com metade do salário pago pelo clube espanhol. Caso o Valencia não aceite a proposta inicial, a direção de #Futebol já tem aval do setor financeiro do clube para uma proposta de compra.

O clube ofereceu ao jogador R$ 700 mil mensais (R$ 500 mil de salário + R$ 200 mil de luvas diluídas), proposta que o jogador aceitou. Diego Alves vem se destacando na Europa, e vem sido constantemente convocado pelo técnico da Seleção Brasileira para defender as cores canarinhas. A última vez que ele defendeu o Brasil foi nos amistosos dos dias 9 e 13 de junho, na Austrália. #DiegoAlves