O Flamengo tem o elenco mais caro e valioso do Brasil. Isso ninguém discute. Tem também uma das torcidas mais apaixonadas e fiéis do país. Quando é para apoiar, o time sente a pressão, pois fora de campo os torcedores dão um show. Mas quando é para cobrar, toda a energia que o time sente dentro de campo, também sente fora das quatro linhas. E a pressão desta vez no Rubro-Negro está nas alturas. Após o empate eletrizante em 2 a 2 com o Palmeiras, na Ilha do Urubu, a torcida elegeu os culpados pela crise do time. O mais cobrado foi, sem dúvida, o treinador Zé Ricardo, que deixou o estádio enquanto torcedores gritavam: 'Fora Zé Ricardo'. Este era o principal coro vindo das arquibancadas após o jogo.

Publicidade
Publicidade

Mas a torcida também não poupou o presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello. Ele foi muito cobrado, mas garantiu a permanência do treinador Zé Ricardo, ao menos até o próximo jogo, e preferiu colocar a culpa em outro personagem: o juiz! A arbitragem foi muito criticada pelo presidente do clube e apontada como culpada pela má fase.

Presidente do Flamengo reagiu a insultos da torcida

Aos 40 minutos do segundo tempo, quando o treinador Zé Ricardo decidiu tirar o xodó Everton e colocar Mancuello, a torcida veio a baixo. Começou a gritar 'burro burro', direcionado ao treinador. Ao fim do jogo, porém, os xingamentos e protestos também passaram a ser direcionados ao presidente do #Flamengo que chegou, inclusive, a responder aos insultos. Bandeira decidiu aguardar a torcida sair para deixar a Ilha do Urubu.

Publicidade

Mesmo com toda a pressão da torcida, o presidente chegou a garantir a presença do treinador no banco de reservas do próximo jogo. "Zé Ricardo é treinador do Flamengo e vai continuar assim sendo. O Flamengo é clube grande e sabemos que Zé sofre pressões, inclusive, da própria imprensa, mas ele continua sendo treinador do time. A torcida tem nosso respeito, sabemos que uma parte dela quer a demissão do treinador, mas sabemos também que a maioria aprova o Zé Ricardo", disse Bandeira de Mello.

Ao longo de sua entrevista, ele também criticou a arbitragem do jogo. E chegou a falar à Fox Sports em 'desistir' e se a torcida quiser, que o troque no ano que vem, que é ano de eleições do clube.

Flamengo não vence há três partidas

O jogo contra o Palmeiras marcou o terceiro jogo do time sem vencer no Campeonato Brasileiro, o que motivou os protestos contra o time. O Rubro-Negro soma agora 25 pontos na competição e jogará contra o Coritiba no próximo sábado às 19 horas, horário de Brasília, na Arena da Ilha, podendo afundar de vez em crise, ou dar uma sobrevida ao técnico Zé Ricardo.

Você é a favor ou contra a demissão do técnico? Deixe seus comentários ao final do artigo. #Ze Ricardo #Campeonato Brasileiro