Depois de longo tempo de conversas, #Palmeiras e Barcelona estão próximos de acordo pelo atacante Vitinho. O jovem atleta deve viajar para a Espanha, fazer exames médicos e já ficar por lá para atuar na equipe B do time espanhol. O Barcelona promete analisar de perto o desempenho do palmeirense para depois concluir a compra em definitivo. Por enquanto, o Palmeiras vai receber 1,5 milhão de euros pelo empréstimo por um ano.

No começo de junho, Raúl Sanllehí, diretor do Barcelona, esteve no Brasil e conversou com dirigentes palmeirenses na Academia de #Futebol. O objetivo era tentar levar Vitinho por um ano sem custos e, se caso agradasse, o valor seria um pouco maior.

Publicidade
Publicidade

Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras, não aceitou.

O mandatário palmeirense está de férias pela Europa e deve passar na Espanha para concluir o negócio. Galiotte recebeu a notícia de que Cuca liberou o meia atacante e disse que não tinha interesse em contar com ele ao longo da temporada. Ou seja, o Palmeiras vai emprestar um atleta que não iria jogar e que vai gerar renda maior.

Se optar por ficar com Vitinho, o time catalão terá que desembolsar o valor de 15 milhões de euros.

Polêmica em torno de Prass

O Palmeiras viajou para Minas Gerais para encarar o Cruzeiro e trouxe derrota na mala. O revés por 3 a 1 expôs as falhas do time Alviverde, ainda não encaixado por completo pelo técnico Cuca. O treinador assumiu a culpa pela derrota após a partida e prometeu mudanças.

A polêmica maior gira em torno do goleiro Fernando Prass.

Publicidade

Nas redes sociais, torcedores apontaram falhas constantes do goleiro e pedem o retorno de Jaílson na meta titular. Outra parte de palmeirenses quer a manutenção e alega que a má fase é apenas passageira. O fato é que Cuca está pressionado de ambos lados. O treinador sabe que, se colocar Prass no banco, a chance é grande de o Palmeiras não concluir a renovação contratual. O contrato encerra em dezembro e, se quiser, o arqueiro já pode assinar com qualquer equipe.

Além de todos esses problemas que cercam o Palmeiras, vem aí o clássico contra o Corinthians. O rival está 13 pontos acima na tabela de classificação. Uma vitória contra o Alvinegro comprovaria historicamente a virada na campanha e poderia significar um novo começo. Por isso Cuca aposta todas as suas fichas no clássico no Allianz Parque, onde o Palmeiras tem longa invencibilidade. Borja, Felipe Melo e Alejandro Guerra podem ser as novidades no elenco. #Mercado