Publicidade
Publicidade

Os nervos de Neymar parecem estar à flor da pele com a especulação de sua saída do Barcelona para ir ao Paris Saint-Germain (PSG). Percebe-se que Neymar [VIDEO] e seu pai, empresário do jogador, corriqueiramente estão evitando a impressa desde que o time francês apresentou uma oferta quase irrecusável para qualquer jogador. O salário, caso o jogador do Barcelona queira se transferir para Paris, é de incríveis R$ 110 milhões, isso sendo livre de imposto. Além disso, o atacante passaria a ser o jogador mais bem pago do futebol atual.

A briga de Neymar no treino com companheiro de clube

Não bastasse toda essa pressão em cima do jogador, aconteceu nesta sexta-feira (28) um episódio não muito confortador para a imagem do jogador.

Publicidade

Neymar não gostou da entrada de um dos seus companheiros de time, o lateral português Nélson Semedo de 23 anos, e reclamou verbalmente, mostrando toda sua insatisfação com o excesso de vontade do seu colega. Semedo pareceu não querer uma briga, mas Neymar pareceu não desistir do embate, que chegou a levar um murro por trás do lateral no lance da jogada. Pouco depois, Neymar até tentou uma investida física, mas a turma do “deixa-disso” chegou e acalmou a situação. Mas o atacante ainda assim não se tranquilizou, tirou a camisa do treino, e saiu chutando tudo que via pela frente. O novo técnico do Barcelona, Ernesto Valverde, ficou olhando toda a cena sem mostrar nenhum tipo de reação.

A impressa inglesa registra a briga de Neymar

O vídeo foi adquirido pelo jornal inglês Daily Mail que exibe Neymar discutindo verbalmente e querendo brigar fisicamente com o lateral português Nélson Semedo, comprado há pouco do Benfica de Portugal.

Publicidade

Toda essa confusão aconteceu antes do grande clássico do seu maior rival: o Real Madrid, que será duelado em Miami, no Hard Rock Stadium.

A saída de Neymar e a venda para o time francês

Talvez a proposta salarial do Paris Saint-Germain e a imprensa tenham mexido com a cabeça do brasileiro nos últimos dias.

Conforme o jornal francês "L'Équipe", o salário do brasileiro na França seria de 30 milhões de euros por temporada que – transformando em reais – ficaria em torno de R$ 110 milhões, sendo o contrato até 2020. Essa quantia é quase o dobro do que o atacante ganha hoje no time do Barcelona.

Além dessa elevada remuneração, o Paris Saint-Germain ainda incluirá uma quantia de 222 milhões de euros (quase R$ 810 milhões) que faz alusão à quantia integral da multa rescisória do atacante brasileiro. #Neymar Briga #Neymar briga com colega #neymar em treino