A situação do #Internacional não é nada fácil no Campeonato Brasileiro da Série B. Na tarde deste sábado (22), o Colorado perdeu em 2 a 1 com o Vila Nova, em um estádio Serra Dourada completamente vazio por conta de uma punição dada aos goianos em razão da briga entre torcedores no clássico contra o Goiás. Com o resultado, o Colorado segue mais uma rodada fora do G-4 e o técnico Guto Ferreira cada vez mais contestado [VIDEO] no comando do time.

O Internacional está em sexto lugar com 24 pontos em 16 jogos e só não perdeu mais uma posição porque o Londrina, em casa, ficou no empate sem gols com o lanterna Náutico. O Vila, por sua vez, subiu para a quarta posição, com 26 pontos, mas ainda pode ser ultrapassado pelo CRB, que fecha a rodada às 21 horas encarando o Guarani, em Maceió.

Publicidade
Publicidade

Mesmo atuando como visitante, o Inter começou a partida com mais posse de bola, porém nos primeiros 30 minutos o jogo foi sonolento, sem grandes emoções. Por conta da baixa humidade, a partida foi paralisada aos 30 minutos para os atletas fazerem reidratação. E a água fresca combinada a um bom papo fizeram o duelo melhorar no final da primeira etapa, com o Vila Nova se lançando mais à frente e criando boas oportunidades, porém esbarrou na segura atuação do goleiro Danilo Fernandes.

O time do Rio Grande do Sul só foi acertar o alvo pela primeira vez na partida aos dois minutos da etapa complementar, em chute de Wink, defendido pelo goleiro Luís Carlos, porém quem saiu na frente foi a equipe do Centro-Oeste, quando aos 13 minutos, Figueira fez boa jogada pela esquerda e rolou para Alípio, que se antecipou ao goleiro colorado para colocar o Vila na frente.

Publicidade

Em desvantagem, e cada vez mais pressionado no campeonato, o Inter foi para cima e conseguiu empatar aos 25 minutos quando Uendel cruzou e a bola bateu no braço de Mateus Anderson. Pênalti que William Pottker apresentou para a cobrança e converteu. Luís Carlos foi no canto certo, ainda tocou na bola, mas ela entrou.

Mas o Vila Nova não desistiu, e já aos 45 minutos chegou ao segundo gol. Tiago Adan invadiu a área, ganhou de Víctor Cuesta na velocidade e rolou para Mateus Anderson, que só teve o trabalho de rolar para as redes e correr para o abraço. Na comemoração o jogador mandou um beijo para noiva, que amanhã se tornará esposa, uma vez que ele se casa neste domingo. Na entrevista após a partida, o jogador chegou a se emocionar ao comentar a vitória e o momento em sua vida.

O Internacional voltará a jogar já na próxima terça-feira (25), quando recebe o Oeste às 21h30, no estádio Beira-Rio. O Vila Nova, por sua vez, joga sábado (29), em Florianópolis, contra o Figueirense. #Série B #Dança dos Técnicos