O #Palmeiras vem em busca de um novo #reforço desde que o técnico Cuca, atual campeão brasileiro, reassumiu a equipe e solicitou um novo centroavante para suprir a necessidade, já que a aposta da diretoria para a temporada, Miguel Borja, não rendeu o esperado para auxiliar na equipe.

Na última partida de titular, o 'camisa nove' fez um gol e foi o autor da vitória no jogo de Palmeiras 1 x 0 Atlético-GO, porém não satisfez o treinador Cuca, que mesmo elogiando o atacante, ainda fez duras críticas afirmando que ele deve atuar mais fora da área e participar mais do jogo. A adaptação de Borja tem que continuar, pois a diretoria do verdão não conseguiu contratar um novo centroavante para a posição, mas anunciou a contratação de um jogador para zaga.

Publicidade
Publicidade

Jogador do Sport no verdão

O Palmeiras anunciou a contratação de mais um reforço para seguir a temporada de 2017, no Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores da América. O reforço veio para agregar a zaga do verdão, o Adryelson agora atuará pelo Palmeiras após o contrato que foi oferecido, melhor do que o Sport-RE ofereceu para a permanência do zagueiro.

Adryelson chega para defender o clube pelas competições da temporada e tentar o título inédito da Libertadores da América em sua carreira.

Mas e o Diego Souza?

A diretoria palmeirense vinha fazendo uma grande sondagem pelo meia Diego Souza, que, inclusive, já atuou pelo Palmeiras nos anos de 2008 até 2010, e acabou saindo do clube pela porta dos fundos, mas o verdão chegou a conferir a situação do jogador e, até o momento, a diretoria ainda não apresentou uma proposta oficial pelo fato do presidente do clube pernambucano ter assumido que não tem interesse em negociar o jogador e também possuir uma grande multa rescisória.

Publicidade

Agora, o Palmeiras não terá tempo para contratar um novo centroavante, o Diego Souza é meia, mas atuaria como 'falso nove' no esquema tático de Cuca, porém, o verdão já tentou a contratação do Richarlison, do Fluminense, por R$ 40 milhões.

O que dificulta uma negociação nessa época do ano é que os jogadores já atuaram os jogos mínimos por uma equipe no brasileirão, assim como aconteceu com o atacante do Fluminense, e agora, o interesse do Palmeiras em um novo centroavante continua, mas fica bem difícil por causa do prazo para inscrever os atletas na Libertadores da América e terá de contar com a adaptação de Miguel Borja ao elenco, o que o treinador Cuca espera que aconteça.