A Federação Paulista de Futebol divulgou nesta semana como funcionará o regulamento que limita o número de jogadores inscritos no próximo campeonato estadual. Alvo de muitas críticas, o limite de jogadores baixou de 28 para 25, porém os times estarão liberados a utilizarem quantos jogadores oriundos das categorias de base quiserem.

Segundo a nova regulamentação, jogadores entre 16 e 21 anos serão considerados como sendo atletas da base. Eles ainda precisam ter registro ativo no clube há no mínimo um ano e terem disputado pelo menos uma competição oficial de base pelo time. Já em 2019, o tempo mínimo para o atleta ser considerado de base no clube será de um ano e meio.

Publicidade
Publicidade

Ao longo das temporadas esse prazo de carência chegará a três anos.

O limite de 28 jogadores, independente de sua origem, foi muito criticado pela imprensa e treinadores desde quando foi estipulado, uma vez que reduzia as oportunidades de jovens atletas nos times principais, sendo que muitos deles acabavam por se emprestados para outros clubes ou ficavam sem jogar.

O Campeonato Paulista do ano que vem novamente terá 16 times. Além do campeão Corinthians, o estadual terá Palmeiras, São Paulo, Santos, Ponte Preta, Red Bull Brasil, Santo André, Ituano, Linense, São Bento, Botafogo de Ribeirão Preto, Grêmio Novorizontino, Ferroviária e Mirassol, além de São Caetano e Bragantino, que subiram nesta temporada.

Copa São Paulo de Futebol Júnior

Também nesta semana, a Federação Paulista divulgou os critérios para as equipes que desejam disputar a próxima edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Publicidade

O maior torneio de base do Brasil será disputado entre 2 e 25 de janeiro.

Dentre as diretrizes, estão aptos a participar da competição jogadores registrados no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF até 20 de setembro, evitando assim os chamados “times de aluguel”, em que um grupo de jogadores sem vinculo algum com o clube dispute a competição. Os times deverão estar filiados como clube profissional em sua federação há pelo menos dois anos e estar vinculada à CBF.

Os times de fora do Estado de São Paulo devem ter disputado no ano anterior o campeonato da categoria e ser indicado por sua federação local. Os clubes participantes serão definidos pela Federação Paulista.

Neste ano, a Copa São Paulo bateu o recorde de inscritos, com a participação de 120 times de todos os estados e um do Haiti. O Corinthians conquistou seu décimo título ao vencer o Batatais na decisão. #FutebolBrasileiro #Futebol de base #Paulistão