Se antes ele era muito querido pelos torcedores, agora as atitudes de Nenê não deixaram o torcedor muito feliz, principalmente palas boas atuações dos jovens da base, que podem o substitui-lo à altura.

O pedido para não jogar diante do São Paulo deixou a situação do camisa 10 muito complicada, principalmente por que não chegou nenhuma proposta para tirar o jogador de São Januário.

Assim como afirmou Milton Mendes, nenhum jogador deve jogar no #Vasco se não quiser. O presidente do clube, Eurico Miranda [VIDEO], pensa da mesma forma e foi categórico ao falar sobre o jogador.

''Se não quiser permanecer aqui, não irá ficar. Acabou pedindo para não jogar, afirmando que tem proposta.

Publicidade
Publicidade

Falei que não teria problema. Caso a proposta chegasse, não haveria problema. Se não tiver, ele é um jogador que tem contrato. Terá que estar à disposição de Milton Mendes. Caso Milton ache que tem que jogar, jogará. O contrato dele não diz que ele tem que jogar. Que será titular'', completou o presidente do Cruz-Maltino.

O jogador pediu para sair, mas não deve se transferir para uma equipe do #Futebol brasileiro. O Goiás sondou o atleta, mas por conta do seu alto salário a sua transferência ficou praticamente impossível [VIDEO].

Nenê brilhou em tempos que o Vasco sofreu para ao cair para a segunda divisão, e na disputa da Série B no ano passado. Porém, o rendimento e a forma que ele é tratado não são mais os mesmos. A diretoria e comissão técnica não veem o jogador como descartável para o restante da temporada.

Publicidade

Antes de completar sete jogos com a camisa do Vasco, ele acabou sendo sondado pelo Corinthians e São Paulo, mas por conta do seu alto salário as coisas não vingaram e ele ficou.

Ele sempre foi um dos líderes dentro de campo, mas com a chegada de novos nomes, como foi o caso de Luis Fabiano e o Anderson Martins, que acabou de chegar, se entende que eles são capazes de conduzir a molecada na disputa do Brasileirão.

Um dos possíveis poderia ser o Internacional, já que a equipe gaúcha está disputando a Série B. Porém, eles acabaram de contratar Camilo, mais um camisa 10 para a disputa da segunda divisão. O fato é que mesmo que ele se acerte com a diretoria e comissão técnica, certamente a relação com o torcedor não deve ser mais a mesma, já que acabou deixando o time na mão em partidas importantes no Brasileirão.

Nenê tem excelentes números vestindo o manto Cruz-maltino. Foram 111 jogos até o momento e 40 gols marcados pelo camisa 10 durante a sua passagem pelo Rio de Janeiro. #Esportes