O #Internacional de Porto Alegre vive um momento complicado no esporte nacional, desde o final do ano passado, quando caiu para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

Desde então, sem mostrar nenhuma evolução em nenhum dos campeonatos que joga, o time tem causado grandes desgostos e frustrações à torcida.

Neste sábado, em jogo disputado contra o Criciúma no estádio #Beira-Rio, não conseguiu nada além do empate, quase nos últimos minutos da partida. Esse fato revoltou parte da torcida e cerca de 100 torcedores iniciaram uma confusão no estádio, gerando corre-corre e confusão.

Com os ânimos exaltados, os torcedores iniciaram o protesto com palavras de ordem e, partiram logo em seguida, para atos de vandalismo.

Publicidade
Publicidade

Com os rostos escondidos sob as camisas, arremessaram pedras e garrafas, arrancaram as grades de proteção e confrontaram os seguranças do local, numa tentativa de invadir a zona mista do estádio e a sala onde são concedidas entrevistas coletivas. A loja do #Inter também quase foi invadida e diversas vidraças do estádio foram destruídas.

A Polícia Militar conteve os torcedores, lançando spray de pimenta e bombas de efeito moral, gerando correria e confusão. O cenário deixado após a confusão é de devastação.

Os resultados negativos do time colorado estão gerando esse tipo de atitude com bastante frequência. Na rodada anterior, após a derrota por 1 a 0 para o Boa Esporte, os torcedores também agiram da mesma forma, causando destruição e prejuízo ao clube.

Algumas pessoas que não estavam envolvidas com a confusão foram atingidas com pedradas e outras, inclusive crianças, tentavam se proteger como podiam do efeito da fumaça das bombas lançadas pela PM.

Publicidade

O Internacional encontra-se no 6º lugar da tabela do Campeonato Brasileiro da Série B, enquanto o Criciúma está em 12º.

Confira a Ficha Técnica do jogo deste sábado

A arbitragem ficou por conta de Dyorgines Jose Padovani de Andrada (ES), tendo como auxiliares Fabiano da Silva Ramires e Edson Glicerio dos Santos.

Ó público foi de 25.492 e a renda total ficou em R$ 525.574,00.

Do lado do Criciúma, levaram cartões amarelos Jonathan Lima, Diogo Matheus e Luiz, Barreto; do lado do Internacional foram penalizados Felipe Gutiérrez e Klaus.

Os gols foram marcados por Lucão, do Criciúma, aos 5 minutos do primeiro tempo e Klaus, do Inter, aos 48 minutos do segundo tempo.

O técnico: Guto Ferreira do Internacional contou com: Danilo Fernandes; Claudio Winck (Juan), Victor Cuesta, Klaus e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, Felipe Gutiérrez (Brenner) e D'Alessandro; Nico López (Diego) e William Pottker.

Luiz Carlos Winck escalou do lado do Criciúma: Luiz; Diogo Matheus, Rafael Silva, Edson Borges e Diego Giaretta; Jonathan Lima, Barreto (Jocinei), Douglas Moreira (Ricardinho) e Fabinho Alves (Alex Maranhão); Lucão e Silvinho.