Na tarde deste sábado, dia 08/07, acontecerá em São Januário, o tão famoso e esperado clássico dos milhões, no qual as maiores torcidas do Rio de Janeiro irão se encontrar. A partida vale para o #Vasco da Gama a manutenção na zona de classificação para a Copa Libertadores da América, e para que esse fato aconteça, o Vasco conta com o apoio da sua torcida, e a força e história que é representada pelo estádio de São Januário.

Em jogos realizados no estádio do clube cruzmaltino, o gigante da colina, como é chamado pelos seus torcedores, é positivo para o Vasco, já que das 35 partidas do clássico do milhão, disputadas em São Januário, o Vasco apresenta o seguinte retrospecto: são 16V 9E 10D.

Publicidade
Publicidade

Na Colina, a última derrota para o rival foi em 73. Na ultima sexta-feira, o técnico do Flamengo, Zé Ricardo, assumiu que estava amedrontado e preocupado pelo jogo ser no estádio histórico da colina, e afirmou que o ambiente propicia uma vitoria cruzmaltina. Afirmou ainda que gostaria que jogos dessa magnitude fossem disputados no Maracanã, mas que questões políticas implicavam da não realização do jogo no local.

Durante a semana, até a última quarta-feira, dia 05/07, tinham sido vendidos cerca de 16 mil ingressos, lembrando que dessa quantia apenas 5% foram destinados a torcida rubro-negra. E mesmo que sejam representados por poucos números, a torcida do Flamengo se apequena diante da do Vasco da Gama, e os torcedores cruzmaltinos se aproveitam desse fato para provocar a torcida rival, principalmente colando cartazes em torno do estádio, fazendo alusão aos escândalos envolvendo a equipe do Flamengo, quando o mesmo time “roubou” o titulo de 87, diante do Sport, e da polemica da Libertadores de 81, diante do Atlético Mineiro.

Publicidade

Para o jogo deste sábado, o técnico Milton Mendes não contará com 3 titulares, o zagueiro Breno, os meias Jean e Douglas Luiz, que serão substituídos por Rafael Marques, no Lugar de Breno, e Bruno Paulista e Wellington, nos lugares de Jean e Douglas, e também contará com a volta de Luís Fabiano.

Diretoria fracassa fora de campo

Um dos assuntos mais comentados sobre o Vasco da Gama, nos últimos dias, é a negociação que envolve a contratação do meia chileno, Léo Valencia. O jogador que chegou a ser dado como contratação certa do Botafogo, ainda continua sem clube, isso foi o que afirmou o empresário do jogador, Fernando Felicevich. O Vasco fez uma proposta de R$ 200 mil mensais, mais premiações por metas, mas já consideram a negociação como fracassada, já que o mesmo tem proposta mais vantajosas do Pachuca – MEX e Boca Juniors – ARG. Internamente, apesar de não ter retirado a proposta, o clima é de fracasso, mais um de vários erros cometidos pela atua direção, já que o mesmo jogador tinha sido oferecido ao clube em dezembro de 2016. #Futebol