Após passar por julgamento no STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva), na última semana, o #Vasco da Gama, que pegou uma punição de apenas 6 perdas de mando de campo, já começou as obras para reestruturar o estádio de São Januário. O estádio é um dos alicerces financeiros [VIDEO] da equipe, que além de ajudar o clube carioca a lucrar cerca de R$ 1,8 milhão de reais apenas nas primeiras rodadas da atul temporada do campeonato brasileiro, também é um grande reforço na hora dos jogos, já que a torcida vascaína sempre comparece em peso ao estádio. A punição sofrida pelo clube foi referente às brigas que ocorreram no estádio, após o final do jogo contra o Flamengo, valida pela 12ª roda do brasileirão.

Publicidade
Publicidade

Com a venda de Douglas Luiz para o Manchester City, por € 13 milhões de euros, algo equivalente a R$ 50 milhões de reais, a venda da jovem promessa vascaína, de apenas 19 anos, e que até então era um dos principais jogadores da equipe, deu um alívio financeiro ao clube, que quitou uma dívida de R$ 20 milhões de reais com o empresário Carlos Leite, pagou salários atrasados do mês de maio, e contratou, na quarta-feira (19), o zagueiro Anderson Martins [VIDEO]. O presidente do clube, Eurico Miranda, e o vice-presidente de futebol, Eurico Brandão, o Euriquinho, anunciaram que além de contratações, o clube vai investir o dinheiro para implementação e manutenção de projetos voltados para a base.

Contratações e parceria

Com a saída iminente do meio-campo Nenê, que até o momento é um dos principais jogadores da equipe cruzmaltina, o Vasco da Gama se vê forçado a contratar novos reforços para o setor de criação ofensiva da equipe.

Publicidade

O clube observa e acompanha a situação do meia Raphael Veiga e Hyoran, ambos do #Palmeiras. A negociação, até ontem, era considerada difícil, mas, na tarde desta quinta-feira, ganhou novos rumos, isso porque o gigante da colina estuda, junto com o clube paulista, o Palmeiras, uma troca envolvendo a ida de Nenê para o Alianz Parque, e a vinda de Hyoran e Raphael Veiga para São Januário. Hyoran foi contratado pelo clube paulista pelo valor de R$ 6 milhões de reais, após se destacar pelo clube Chapecoense, mas desde que chegou ao clube, não tem tido muita oportunidades para atuar. Já Raphael Veiga se destacou pelo Coritiba, na temporada passada, e demandou um investimento de R$ 10 milhões de reais, por parte do clube Palmeirense. Ambos jogadores encaram como uma boa opção a mudança para o clube carioca, e as diretorias tem interesse mútuo na negociação. Nenê iria para o Palmeiras com salários integralmente pagos pelo clube paulista, e os jovens viriam com com salários divididos igualmente entre as duas equipes.