Publicidade
Publicidade

O #Vasco da Gama vive mais um final de semana com grande expectativa. O clube carioca [VIDEO] ocupa atualmente a 8ª posição da tabela da atual edição do campeonato brasileiro, e, nesta segunda-feira (31), vai enfrentar o clube Atlético Paranaense, no estádio Raulino de Oliveira, na cidade de Volta Redonda. O gigante da colina não pode jogar no estádio de São Januário, já que após as brigas, dentro do estádio, no jogo contra o Flamengo, em jogo válido pela 12ª rodada do brasileirão, o clube pegou 6 jogos de punição e teve seu estádio interditado por ordem da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e pelo STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva).

Publicidade

Se o gigante da colina vencer o jogo, que de certa maneira é decisivo, o clube vai a 27 pontos e pode entrar novamente no G6, caso o Sport não vença o Bahia. O Vasco tem conseguido um ótimo desempenho após as contratações feitas, desde o início do campeonato, quando perdeu em sua estreia pelo placar de 4x0, para o Palmeiras no Alianz Parque.

Um dos responsáveis diretos pelo rendimento atual do Vasco, é o técnico Milton Mendes, que quando chegou ao clube era bastante contestado. O técnico, logo em seu início de trabalho na colina, teve desentendimentos com Rodrigo, zagueiro que era o capitão da equipe até então, mas foi dispensado pelo clube; com Nenê, que recentemente pediu afastamento do clube, pois contava com uma proposta do exterior, que não se concretizou e acabou ficando no clube, e um desentendimento de baixo atrito com Luís Fabiano, que está recuperando o condicionamento físico e tem expectativa de atuar nos próximos jogos.

Publicidade

Um jogador que vem se destacando nos últimos jogos e que está contando com todo o apoio do técnico cruzmaltino, é o meia Bruno Paulista, que tem apenas 21 anos.

Patrocínio em pauta

Nesta semana, o site globoesporte veiculou uma tabela na qual constam os valores pagos pela Caixa Econômica Federal, referente aos patrocínios aos clubes. A Caixa Econômica é o maior patrocinador do futebol brasileiro, contribuindo com R$ 144,5 milhões de reais. Deste montante, o Vasco abocanha uma quantia de R$ 11 milhões de reais, ficando muito atrás do seu maior rival, o Flamengo, que recebe R$ 25 milhões de reais anualmente. O setor de marketing do clube, e a diretoria cruzmaltina, vem sido muito criticados, já que mesmo o clube sendo de grande apelo nacional, a direção não consegue transforma o apelo da marca em valores maiores de patrocínio. #atlético-pr