Publicidade
Publicidade

Não é de hoje que se especula sobre a saída de #Neymar do Barcelona. Após anos jogando ao lado de Messi, o principal craque do time, Neymar sente que nunca conseguirá ser o melhor do mundo no Barça. O craque brasileiro se sente ofuscado pelo argentino. O que sempre o impedia de sair era a multa rescisória multimilionária, mas agora até esse obstáculo foi superado.

O PSG está em contato com o Barça há algumas semanas, e nos últimos dias os boatos ganharam força como nunca. A informação de que o PSG estaria disposto a pagar os 222 milhões de euros (mais de R$ 800 milhões na cotação atual) já não era segredo há algum tempo.

Publicidade

Mas Neymar e sua equipe ainda tinham dúvidas quanto a mudança repentina.

Isso até a noite desta terça-feira (1º), quando o brasileiro postou em suas redes sociais uma mensagem enigmática sobre mudanças a caminho. Na madrugada desta quarta-feira (2), o Barcelona confirmou para o canal ESPN que a saída do time já estava acertada. Como ainda é oficialmente um jogador do Barça, Neymar se apresentou para treinar na manhã de hoje (10h da manhã na Espanha, 5h da madrugada no horário de Brasília), mas foi dispensado pelo técnico Ernesto Valverde.

Como já estava reunido com a comissão técnica e jogadores, Neymar aproveitou para se despedir. A despedida foi classificada como pouco calorosa pela mídia espanhola, e teria durado ao menos meia hora. Apesar disso, nada indica que existam mágoas entre as partes, todos parecem ter ficado satisfeitos.

Publicidade

Não é para menos, o valor que vai entrar nos cofres do Barça pela venda de um único jogador é inédito na história do clube espanhol. Se as informações preliminares se confirmarem, Neymar vai ganhar um salário de 30 milhões de euros por ano (R$ 110,5 milhões), quase o dobro do que ganhava no Barcelona. O Paris Saint-Germain ainda não deu um comunicado oficial sobre o caso. Acredita-se que o PSG deva apresentar o craque brasileiro ainda esta semana.

O empresário de Neymar, o também brasileiro Wagner Ribeiro, comemorou a transferência nas suas redes sociais. Disse que estava na cidade de Paris, que a cidade é maravilhosa, elogiou também a Torre Eiffel, o vinho e a culinária local.

Neymar jogava no Barcelona desde 2013 e nesse período conquistou nove títulos com o clube espanhol. Foram dois Campeonatos Espanhóis, três Copas do Rei, uma Supercopa da Uefa, uma Supercopa da Espanha, uma Uefa Champions League e um Mundial de Clubes. Além disso marcou 105 gols e deu 59 assistências em 186 jogos (média de 6 gols a cada 10 jogos e 0,3 assistência por partida).

Agora no PSG, Neymar vai lutar por um dos poucos títulos ainda não conquistados: o de melhor jogador do mundo! Só nos resta torcer. #Futebol #FC Barcelona