Publicidade
Publicidade

#Fernando Prass foi um goleiro que caiu nas graças do torcedor vascaíno e é sempre lembrado com muito carinho. O camisa 1 foi vestir a camisa do Palmeiras no ano de 2013, após uma longa passagem por São Januário, mas hoje não vive um bom momento. O goleiro vinha falhando muito nessa temporada e acabou perdendo espaço. Assim, por conta da sua idade, a renovação de contrato se complicou e não deve acontecer.

Com 39 anos, a possibilidade de renovação do vínculo com o time paulista é muito pequena. A Web Rádio Verdão publicou na sua página no facebook que o goleiro acabou não chegando a um acordo com a diretoria alviverde e o seu destino será o #Vasco da Gama, onde encerraria a sua longa carreira.

Publicidade

Porém, os torcedores palmeirenses veem o jogador como um ídolo e não gostaram nada da possibilidade da sua saída. Com a repercussão negativa, o destino de Fernando pode mudar e ele acabar ficando.

Hoje, o Vasco conta com o uruguaio Martín Silva, mas ele é constantemente convocado para defender a sua seleção e assim acaba desfalcando o time carioca. Titular absoluto, uma chegada de Prass aumentaria a disputa no setor defensivo e o torcedor não saberia em qual goleiro torcer para ficar com a titularidade.

O seu vínculo com o alviverde é válido somente até o final dessa temporada, por conta disso, ele já pode assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe do #Futebol brasileiro. Prass [VIDEO] disse que quer renovar o seu vínculo com o time, mas esse também deve ser o desejo da diretoria, para todos chegarem a um ponto final [VIDEO], com ambas as partes felizes.

Publicidade

De 2009 a 2012 no Vasco, o goleiro vestiu a camisa cruz-maltina por 248 oportunidades e nesse período conquistou duas taças. Uma delas foi o Campeonato Brasileiro da Série B, em 2009, e já em 2011 foi campeão da Copa do Brasil e caiu de vez nas graças do torcedor vascaíno. No Palmeiras, voltou a ganhar uma Copa do Brasil em 2015, a Série B em 2013 e um Campeonato Brasileiro na última temporada.

Ele vinha sendo um homem importante no gol no ano passado, mas acabou sofrendo uma grave lesão. Nesse momento, era visto como o melhor goleiro do futebol brasileiro e chegou a ser convocado para as Olimpíadas. Após a sua lesão, Jailson assumiu a titularidade e foi muito bem, aumentando a disputa pela titularidade. Depois vieram as críticas, quando os torcedores viram que o seu reserva estava em um melhor momento e merecia uma chance no gol da equipe comandada pelo técnico Cuca.