Publicidade
Publicidade

Reconstruída às pressas depois do trágico acidente aéreo que vitimou jogadores, comissão técnica e dirigentes, a #Chapecoense surpreendeu o Brasil com um início tão bom no Brasileirão. O primeiro jogo já deu mostras disso: empate em 1x1 fora de casa com o Corinthians, que ao final do primeiro turno não só é o líder como caminha a passos largos para o título.

Sob comando de Vagner Mancini, já demitido, a Chape chegou até a brevemente liderar o campeonato ainda em seu momento inicial. No entanto, o time perdeu fôlego nas últimas rodadas e agora se preocupa com a parte inferior da tabela. Com apenas 22 pontos, os catarinenses estão no 16° lugar, com três pts acima do São Paulo, 17° e primeiro time dentro da degola.

Publicidade

#Alan Ruschel, um dos sobreviventes do voo, voltou aos gramados nesta segunda-feira no jogo festivo contra o Barcelona, na Espanha [VIDEO]. Em entrevista coletiva após a partida, ele admitiu estar preocupado com a situação da Chape e se colocou à disposição para ajudar.

"Não senti dor ou alguma limitação, e quero seguir ajudando a Chape na sequência da temporada. Estamos em uma situação difícil dentro do campeonato e precisamos reverter", disse o jogador.

Depois da derrota por 5x0 para o Barcelona, a Chapecoense segue na Europa e encara o Lyon na França nesta terça-feira. Na sequência jogará uma partida no Japão e ainda tem a Roma, na Itália, antes de retornar ao Brasil.